Notícia

Biotec pra Galera

Em busca da genética do autismo

Publicado em 26 março 2012

Recentemente, profissionais do Centro de Estudos do Genoma Humano (CEGH), ligado à USP (Universidade de São Paulo), identificaram mais um dos diversos genes relacionados ao autismo, além de uma desordem genética que pode dar pistas para explicar a dificuldade que os portadores deste distúrbio comportamental têm em interagir socialmente. Hoje, sabe-se que ele está relacionado a mutações específicas em um ou dois genes, que variam de um paciente para outro. Os cientistas brasileiros notaram uma alteração de um mesmo gene em três autistas (entre 200 analisados). Apesar de isso estar mais para uma “exceção” do que para um “padrão”, eles acreditam que a mesma mutação pode se repetir em outros genes. Achar essa repetição do modo de operação da doença é fundamental, caso contrário, ao invés de um tratamento único, cada paciente precisaria de um específico – o que é muito mais complicado.

Fonte: Agência Fapesp 01/02/2012

Fonte: Estadao.com.br 12/03/2012