Notícia

Estadão.com

Eletrodo desenvolvido no Brasil reduz custo de exame da retina

Publicado em 27 agosto 2012

Pesquisadores da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) desenvolveram a versão nacional de um eletrodo usado na eletrorretinografia (ERG), exame que permite avaliar respostas elétricas da retina a estímulos luminosos e ajuda no diagnóstico de doenças oculares. Os resultados do trabalho foram apresentados durante a 27ª Reunião Anual da Federação de Sociedades de Biologia Experimental (FeSBE), realizada em Águas de Lindoia entre os dias 22 e 25 de agosto. "O Brasil atualmente importa esses eletrodos, que são descartáveis e [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.