Notícia

Secretaria da Educação do Estado de São Paulo

Educação lança série Ciência para Todos

Publicado em 14 agosto 2019

Projeto é parceria da Educação, FAPESP e Fundação Roberto Marinho e celebra a ciência em suas mais variadas formas

A Secretaria da Educação lançou nesta quarta-feira (14) o programa Ciência para Todos, firmado em parceria com o Canal Futura e a FAPESP. Trata-se de uma série de televisão que apresenta pesquisas financiadas pela FAPESP em diferentes áreas, acompanhando o trabalho dos pesquisadores e as pessoas diretamente impactadas pelos projetos.

A ideia é divulgar o trabalho dos cientistas da FAPESP e mostrar que a ciência vai além dos laboratórios e das escolas e está presente em todos os aspectos do cotidiano. “A ciência não é algo distante, em laboratórios. Ela está na comida que comemos, no celular que usamos para as redes sociais, na cadeira que estamos sentados. Tudo é ciência. Esse projeto mostra para as famílias brasileiras a importância dela para a sociedade”, pontua Marcos Vinícius de Souza, sub secretário estadual de tecnologia e desenvolvimento.

A série, que também terá uma série de conteúdos audiovisuais na internet, conecta pessoas e suas vidas ao que os pesquisadores vêm produzindo de conhecimento e melhoria de qualidade de vida para todos. “Nosso foco sempre será nos professores e principalmente aos estudantes da rede. São eles que dentro de alguns anos serão os cidadãos responsáveis pela nossa sociedade, nossos engenheiros e médicos, que levarão para sempre a noção de que a ciência resolve os problemas da vida racionalmente”, explica Marco Antônio Zago, presidente da FAPESP.

O evento de inauguração aconteceu na Escola Estadual Culto à Ciência, em Campinas. Não por acaso. Além de estar localizada na rua de mesmo nome, uma homenagem a todos os cientistas, a escola tem uma tradição de projetos científicos divulgados na comunidade. “Escolhemos essa escola a dedo para o lançamento por ela representar essa educação inclusiva e que dá o devido valor à ciência”, explica o secretário executivo Haroldo Rocha. “A E.E. Culto à Ciência é uma escola dentro do Programa Escola Integral, no qual o protagonismo dos estudantes e o currículo diferenciado tem um papel fundamental na aprendizagem”.

Os episódios da série serão baseados em pesquisas realizadas por cientistas que recebem investimentos da FAPESP e terão como pano de fundo as dúvidas, curiosidades ou experiências de vida de jovens, seus familiares e educadores. Os temas abordados serão dos mais diversos: mudanças climáticas, obesidade, bioenergia e estudos da violência, entre muitos outros.

“Serão 52 episódios, cada um sobre uma pesquisa diferente. A parceria da Secretaria da Educação nos honra demais, e a abertura com a qual fomos recebidos certamente aproximou estudantes e escolas, porque tudo é pensado diretamente para eles”, comemora o gerente geral do Canal Futura, João Alegria.

A estreia está prevista para o próximo dia 19, às 20h30, no Canal Futura.