Notícia

Um Canceriano Sem Lar

Eduardo Góes Neves

Publicado em 03 fevereiro 2019

Por Edson Novaes

Eduardo Góes Neves, do MAE-USP, explica por que a floresta não deve ser vista apenas como produto da história natural, mas também do manejo exercido por milênios. Vídeo – Pesquisa Fapesp

A ocupação humana do que é hoje o território brasileiro antes da chegada dos europeus, a História Antiga do Brasil, onde os homens vivem há, pelo menos, 9 mil anos, sobre o Brasil Central e a Amazônia. TV Cultura

a coisa vai ficando cada vez mais clara: uma parte dessa biodiversidade da Amazônia foi formada por humanos, por uma interação entre humanos e não-humanos, plantas e animais, ao longo dos últimos 10, 12 mil anos. O que se percebe em populações tradicionais, não só indígenas, mas quilombolas também, e populações ribeirinhas, é o interesse em estimular a diversidade, experimentar plantas diferentes, plantar, colher, trazer para o quintal, ver para que serve, ver como funciona. NEXO JORNAL