Notícia

Tribuna da Bahia online

Editora da UFBA defende o acesso gratuito às suas obras

Publicado em 07 junho 2012

Perto de completar 20 anos de atividade, a Editora da Universidade Federal da Bahia (EDUFBA) defende amplamente o livre acesso às publicações científicas. O objetivo é diminuir a distância entre seus livros e seus leitores, promovendo e contribuindo para a existência de canais que auxiliem na disseminação do conteúdo produzido nas instituições de ensino superior brasileiras.

Através do Repositório Institucional da UFBA(RI), que em setembro deste ano comemora dois anos de existência, a EDUFBA disponibiliza, atualmente, 201 títulos e mais de 3.500 artigos científicos para consulta e download gratuito. São textos das mais diferentes áreas do conhecimento, que vão sendo adicionados periodicamente à coleção do RI, que possui uma média de 1.500 acessos diários.

A EDUFBA também é uma das editoras associadas ao Portal SciELO Livros, que reúne obras selecionadas segundo controles de qualidade aplicados por um comitê científico. Os livros, muitas vezes disponibilizados em acesso aberto, são legíveis em telas de computadores e em leitores de ebooks, tablets e smartphones. O Portal integra o Programa SciELO da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) e é liderado e financiado por um consórcio entre editoras da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação Oswaldo Cruz e Universidade Federal da Bahia, com a cooperação técnica da BIREME/OPAS/OMS e da Fundação de Apoio à Universidade Federal de São Paulo.

Nesta semana, Susane Barros, Coordenadora Editorial da EDUFBA, e Flávia Rosa, Diretora da EDUFBA, apresentam o artigo Definição de uma política de acesso aberto para a Universidade Federal da Bahia no Simpósio Brasileiro de Comunicação Científica, em Florianópolis (SC). O trabalho,assim como outros selecionados para apresentação no evento, será publicado na mais antiga revista da área, a Encontros Bibli. Esta ação é uma iniciativa em prol do acesso livre à informação científica e busca fomentar as discussões sobre o tema, intencionando a consolidação de políticas de acesso aberto.