Notícia

Esteta

ECA da USP analisa peças proibidas pela censura paulista

Publicado em 14 março 2016

O Observatório de Comunicação, Liberdade de Expressão e Censura (OBCOM) da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP realiza, no próximo dia 19 de março, a quarta apresentação do projeto Censura em Cena, com a leitura dramática da peça de Nelson Rodrigues, Perdoa-me por me traíres, de 1957.

A leitura dramática será seguida de debate e também apresentará um estudo sobre o processo de censura da obra. Participam da mesa os professores e pesquisadores Adilson Citelli, doutor em Literatura Brasileira pela USP; Ferdinando Martins, doutor em Sociologia pela USP; Maria Cristina Castilho Costa, doutora em Ciências Sociais e coordenadora do OBCOM; e a pesquisadora Victória Martins Damasceno, autora do relatório de análise do processo de censura da peça.

O projeto Censura em Cena envolve a análise de 12 peças proibidas pela censura paulista e que hoje compõem o arquivo Miroel Silveira, mantido pela ECA/USP. O acervo reúne 6.137 processos de censura abertos entre 1930 e 1970 pelo Departamento de Diversões Públicas do Estado de São Paulo e vem sendo estudado, desde 2002, pelo grupo de pesquisa coordenado pela professora Maria Cristina Castilho Costa no OBCOM.

A apresentação será no Centro de Pesquisa e Formação do SESC, parceiro do projeto, localizado na rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar, bairro Bela Vista, às 14h.

Para participar é preciso se inscrever gratuitamente pelo site do SESC no endereço https://centrodepesquisaeformacao.sescsp.org.br/atividade/censura-em-cena-as-pecas-vetadas-no-estado-de-sao-paulo.

Agência FAPESP