Notícia

Gazeta de Piracicaba online

Doutores pioneiros

Publicado em 17 dezembro 2008

75 anos da USP Primeiros doutores da universidade receberam homenagens, em evento realizado em São Paulo

Warwick Estevam Kerr, engenheiro agrônomo formado pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) em 1945, foi um dos doutores pioneiros da Universidade de São Paulo (USP) homenageados no último dia 10, na Sala do Conselho Universitário, em São Paulo, na programação das comemorações do 75 anos da USP e dos 20 anos de criação das Pró-Reitorias. Os pioneiros ajudaram a lançar os fundamentos da excelência da Pós-Graduação na USP.

O professor Warwick Estevam Kerr nasceu em Santana do Parnaíba, Estado de São Paulo. Em 1942, prestou os exames vestibulares e ingressou na Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", da Universidade de São Paulo, em Piracicaba. Obteve o seu diploma de Engenheiro Agrônomo na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz em 1945. Doutorou-se em Genética Animal em 9 de abril de 1948, defendendo tese com o título "Estudos sobre o gênero Melipona", na Esalq. Defendeu tese para o concurso de Livre-Docente da Cadeira de Genética, na Esalq, em junho de 1950, com o título "Estudos sobre a genética de populações dos himenópteros em geral e sobre os apídeos sociais em particular" e tornou-se Professor Titular em 1965.

Foi professor visitante nas Universidades de Colúmbia e da Califórnia entre 1951 e 1952. Organizou o Departamento de Biologia Geral da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Rio Claro, a partir de 1957 e o Departamento de Genética da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, a partir de 1964. Foi o primeiro diretor científico da Fapesp, cargo que ocupou no início da década de 1960. Atualmente, é professor colaborador do Instituto de Genética e Bioquímica da Universidade Federal de Uberlândia.

Orientou mais de uma dezena de teses de doutoramento e ministrou diversos cursos no Brasil e no exterior. Foi contemplado, também, com várias bolsas de estudo, tanto para atividades no Brasil como em outros países. Participou de inúmeros congressos, reuniões científicas, conferências e palestras. Realizou diversas pesquisas e publicou muitos trabalhos científicos e de natureza didática, no Brasil e no exterior.

Membro da New York Academy of Sciences e de diversas outras instituições, recebeu inúmeros prêmios e medalhas. Presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência em 1969, foi também Diretor do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, presidente da Sociedade Brasileira de Genética e Reitor da Universidade Estadual do Maranhão, de 1988 a 1989.

Demais homenageados também receberam a honraria

Ada Pellegrini Grinover - A professora Ada Pellegrini Grinover é a primeira doutora formal da Faculdade de Direito, com a tese "Ação declaratória incidental", defendida em 15 de maio de 1970.

Mendel Abramowicz - Em 1963, Mendel Abramowicz tornou-se o primeiro Doutor da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo, defendendo a Tese "Contribuição para o estudo da cronologia da erupção dos dentes permanentes em judeus do grupo étnico Ashkena-Zim, de níveis sócio-econômicos elevados. Sua aplicação na estimativa da idade".

Riva Moscovici da Cruz - A professora Riva Moscovici da Cruz nasceu na Romênia e é naturalizada brasileira. Defendeu tese de doutoramento em 09 de dezembro de 1963, com o título.

Francisco Gomes de Alcântara - Em 21 de setembro de 1959, obtém o doutoramento ao defender a tese "Estudo quantitativo dos neurônios cardíacos no rato normal e no infectado experimentalmente pelo Trypanosama Cruzi", na Faculdade de Medicina Veterinária da USP.

Rubens Molinari - Engenheiro Químico pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, desde 1951, e Doutor em Engenharia na mesma Escola, em 29 de outubro de 1958, defendendo a Tese "Estudos sobre a Oxidação do Lactato por Preparação de Propionibacterium Pentosaceum".

Michel Pinkus Rabinovitch - O professor Michel Pinkus Rabinovitch graduou-se em 1949, na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Em 23 de novembro 1951, defende a tese de doutoramento "Influência da ligadura de ducto da glândula submaxilar do camundongo Mus musculus sobre seu teor de fósforo ribo e desoxiribonucleico".

Jandyra França Barzaghi -

A professora Jandyra França nasceu na cidade paulista de São Luiz de Paraitinga e entrou na USP literalmente nos primeiros momentos da Universidade, em fevereiro de 1934. Em 23 de março de 1942, defendeu a tese "Sobre o cafesterol e alguns de seus derivados". Jandyra França obteve um dos primeiros títulos de doutorado na USP. Contudo, é a primeira mulher a obter este título na Universidade.