Notícia

Plantão News (MT)

Doutorandos em Química da Unesp ganham prêmios nos EUA

Publicado em 10 setembro 2013

Pesquisadores do Instituto de Química (IQ), câmpus de Araraquara, são os vencedores na categoria "Melhor abordagem metabolômica", em trabalho apresentados em pôsteres na 129a Conferência Internacional de Estudos Omics. O anúncio foi feito no dia 4 de agosto, em Orlando, na Flórida (USA), onde foi realizado o evento.

O primeiro lugar foi para o trabalho de autoria de Fausto Carnevale Neto, "Metabolomics as a tool for anticancer lead-finding from Natural Products" (Metabolômica como ferramenta para pesquisas de anticâncer a partir de produtos naturais). E Rafael Teixeira Freire obeve o segundo lugar com o pôster "Investigation of the NMR parameters analyses by a made-up MATLAB GUI (guide user interface) on an in-house database" (Investigação dos parâmetros de análises de RMN [Ressonância Magnética Nuclear], por um MATLAB made-up ®GUI (interface de usuário guia), em um banco de dados in-house).

Ambos são orientados pelo professor Ian Castro-Gamboa, do IQ, para o desenvolvimento de suas teses de Doutorado. Seus estudos são voltados para a elaboração de métodos de análise que reúnem diferentes tipos de equipamentos e de bioinformática, estudos metabolômicos para a exploração racional da biodiversidade Brasileira. O emprego de métodos multivariados de análise estatística dos dados obtidos em equipamentos, como cromatógrafos e ressonâncias magnéticas nuclerares, permitem a análise simultânea de varias medidas (tempos de retenção, absorções no ultravioleta.

"Essa associação fornece ao analista informações sobre as substâncias presentes em misturas complexas, como por exemplo, extratos de plantas ou de qualquer outro microorganismo", disse Castro-Gamboa. " Adicionalmente, esses métodos permitem agrupar, através de características químicas, grupos de moléculas, permitindo a comparação entre os diferentes grupos."

A metabolômica que, a partir da análise qualitativa e quantitativa da composição molecular de um organismo, permite a explicação dos processos biológicos por meio da avaliação das respostas metabólicas para a geração de substâncias de interesse medicinal, para controle de pragas em lavouras, entre outros.

Os trabalhos integram as pesquisas realizadas pelos professores e estudantes do Núcleo de Bioensaios, Biossíntese e Ecofisiologia de Produtos Naturais (NuBBE), e recebe financiamento da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo).

Por uma nova ferramenta de pesquisa - O trabalho vencedor de Carnevale Neto foi feito tanto no IQ, quanto na Universidade de Washington, Seattle (EUA), com a orientação do professor Daniel Rafftery. O doutorando desenvolveu um método para a identificação in situ de compostos com atividade biológica (bioativos) de combate a células cancerígenas (citotoxidade) a partir de seis espécies de plantas da família Chrysobalanaceae encontradas no Brasil.

Em sua pesquisa, ele utilizou diferentes metodologias estatísticas para analisar os gráficos e dados obtidos em cromatografia e por RMN. Com isso, ele encontrou uma série de grupos químicos, como flavonóides glicosídeos, proantocianidinas e diterpenos, compostos já descritos como anticancerígenos.

"Os produtos naturais têm sido a fonte de muitas drogas anticancerígenas. No entanto, os métodos convencionais são lentos. E novas estratégias para a detecção de compostos ativos são necessárias". escreveu o estudante em seu pôster. "A Metabolômica tem esse potencial, uma vez que proporciona uma visão global da composição de agentes terapêuticos , tais como extratos de plantas , e seus efeitos biológicos sobre os organismos e, especialmente, os seus estados de doença."

Além da identificação dos compostos químicos presentes nos extratos, Carnevale Neto elaborou uma metodologia para estudar os efeitos desses extratos sobre as células tumorais e outras de controle, identificando alterações metabólicas nos sistemas biológicos.

Outras investigações - Freire também desenvolveu seus estudos nos laboratórios do IQ e na Universidade da Flórida, em Gainesville (EUA), junto ao professor Arthur Edison. Em suas análises, o doutorando propõe a elaboração de protocolos para uma avaliação mais detalhada dos resultados obtidos em equipamentos de RMN. Essa é uma técnica que permite o estudo de partículas e moléculas a fim de descobrir sua composição e estrutura.

"Como uma ferramenta para a metabolômica, RMN tem uma característica única: é um detector universal para todas as moléculas que contêm certas características no seu núcleo. E pode fornecer uma análise detalhada sobre a composição biomolecular muito rapidamente, com uma preparação da amostra relativamente simples", relatou em seu pôster o doutorando.

Para seus estudos, Freire utilizou o banco de dados das amostras analisadas em RMN feitas no NuBBE.

O evento - A Conferência Internacional sobre Estudos Omics foi realizada entre os dias 4 e 6 de setembro. E tem por objetivo criar um espaço para compartilhamento de novos conhecimentos em áreas de fronteira da biologia, química, medicina e suas interações. O encontro visa ampliar as cooperações entre cientistas , instituições e industriais

O Grupo internacional OMICS reúne 300 publicações online de acesso aberto nas áreas de Ciência, Engenharia, Gestão e Tecnologia, além de organizar conferências científicas internacionais em todo o mundo, com foco na divulgação científica e tecnológica.

 Por: Daniel Patire