Notícia

IG - Delas

Dormindo com o inimigo

Publicado em 16 janeiro 2010

Uma pesquisa da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) revelou que embaixo dos lençóis e travesseiros existe um zoológico microscópico. A população destes pequenos habitantes é incalculável e não há aspirador de pó capaz de eliminá-los por completo.

Resistentes, os ácaros são agentes altamente estimulantes de alergias. Segundo o estudo, eles estão em maior número justamente nas camas, o paraíso para a reprodução animal e o inferno para quem sofre de crises respiratórias.

Os especialistas dizem que a poeira doméstica é responsável por 90% dos casos de doenças respiratórias como asma, rinite, bronquites e faringites. Para constatar quais espécies animais deste tipo encontram abrigo nas residências, o professor do Departamento de Medicina Animal da Unicamp, Ângelo Prado, partiu para uma faxina em nome da ciência. Prado e outros pesquisadores visitaram 58 casas de Campinas (interior paulista) e encontraram mais de 18 tipos de ácaros, a maioria deles "deitados" nos colchões.

"As camas e sofás têm condições ideais para a concentração dos ácaros. A temperatura ambiente sempre é mais quente (25ºC), a preferida deles. Além disso, os pêlos do corpo e fragmentos de pele servem de alimento para os ácaros", explicou o pesquisador Ângelo Prado.

De acordo com os dados divulgados, em cada grama de poeira doméstica colhida dos sofás e das camas pesquisadas havia uma média de 900 a 950 ácaros. Nas cortinas, eram 320 bichos por grama e nas dispensas de alimentos 350. Os tapetes também apresentaram grande quantidade de ácaros (750 por grama de poeira) - mas nada comparado ao local escolhido pelas pessoas para descanso e eleito pelos microscópicos animais para o "banquete" (resultados publicados na revista científica da Fundação de Amparo à Pesquisa de São Paulo, FAPESP). Para se ter uma ideia do efeito, os especialistas calculam que 500 ácaros por grama de poeira são suficientes para desencadear crises respiratórias.

Eliminação do problema

O pesquisador da Unicamp conta a primeira associação entre cama e alergia foi feita em 1680. "Os pesquisadores atestaram que as arrumadeiras tinham mais crise de asma enquanto faziam as camas", explica Prado. Desde então, a ciência e os alergistas passaram a procurar formas de amenizar o problema. A cautela é maior em épocas quentes como verão, pois, em temperaturas mais altas, a proliferação dos incômodos bichinhos é maior. Segundo o diretor da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT), Eduardo Henrique Genofre, se no inverno as crises respiratórias são influenciadas pelo frio que diminui a imunidade do corpo, no calor a fonte de disseminação do problema são estes elementos microscópicos.

"As pessoas viajam mais para casas de praia e campo, que ficaram fechadas por muito tempo. O pó, mofo e bolor estão em maior quantidade e podem provocar as inflamações dos pulmões e das vias respiratórias", afirma. "A orientação é fazer uma faxina na véspera e a pessoa que costuma ter crises deve evitar chegar ao local antes de ser limpo. Outro lembrete muito importante é não esquecer da limpeza dos carros. Os estofados também ficam cheios de ácaros".

A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que 2% da população mundial tenham predisposição para a alergia respiratória. No Brasil, os médicos alergistas já calcularam índices de 10% e 15% dos habitantes com o problema. Eliminar os ácaros é tarefa impossível, mas há maneiras de amenizar as crises e os problemas. A seguir, nove dicas fornecidas pelo especialista Ângelo Prado.

Combatendo os ácaros

1) Lave as roupas de cama com água quente

2) Coloque capas em sofás, camas e travesseiros e lave-os a cada sete ou dez dias

3) Mantenha a casa sempre limpa e não esqueça dos cômodos pouco utilizados, como dispensas

4) Em casas com crianças, idosos e pessoas com histórico de crise respiratória evite cortinas e carpetes

5) Em casas de praia ou campo faça faxina na véspera da utilização

6) Use dispositivos para evitar a umidade de armários (já existem embalagens próprias vendidas em supermercados)

8) Não esqueça de limpar os estofados do carro

9) Limpe bem os ventiladores e aparelhos de ar condicionado antes da utilização para evitar a poeira doméstica