Notícia

Nas Notícias

Dois compostos anti-inflamatórios mostram-se capazes de acelerar a recuperação da COVID-19

Publicado em 25 setembro 2020

Por Elton Alisson, da Agência FAPESP

Dois estudos clínicos independentes, um realizado por meio de pesquisadores do Centro de Terapia Celular (CTC) em Ribeiro Preto, com o eculizumabe de anticorpos monoclonais e através de cientistas da Universidade da Pensilvânia (EUA). EUA) Com uma droga experimental chamada AMY-101, eles descobriram um efeito anti-inflamatório, capaz de acelerar a cicatrização de pacientes com Covid-19 em estado grave. Os efeitos das duas pesquisas, destinadas a comparar o potencial curativo dos compostos, foram relatados em artigo publicado na revista Clinical Imunology.

As duas drogas foram administradas separadamente. O anticorpo monoclonal, já utilizado no remédio de doenças hematológicas, tem sido revisto em pacientes do Hospital das Clunicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP-USP). O candidato ao medicamento desenvolvido através da empresa farmacêutica norte-americana Amynda foi administrado a pacientes em um hospital em Milão, Itália. Ambos têm mostrado resultados promissores, mas como a molécula AMY-101 é menos cara e funciona ainda melhor em ensaios clínicos, ambas as equipes de estudo planejam verificar isso em uma organização maior de pacientes no Brasil.

“Os dois compostos provocaram uma reação anti-inflamatória fisicamente poderosa que resultou em uma recuperação muito imediata da função respiratória dos pacientes”, explica Rodrigo Calado, coordenador do Hospital das Clínicas da FMRP-USP e membro do CTC – pesquisa, inovação e mídia (CEPID) financiado pela FAPESP.

Pesquisadores descobriram que a cura do eculizumabe e da molécula amy-101 foi obtida inibindo uma cadeia de proteínas sanguíneas responsáveis pela resposta imune, chamada sistema de suplementos.

A ativação persistente e descontrolada da fórmula do suplemento é a culpada pela reação inflamatória exacerbada à infecção pelo SARS-CoV-2, caracterizada pelo acúmulo de citocinas pró-inflamatórias, conhecidas como “tempestade citocina”.

Incapaz de salvar a infecção móvel com o vírus, a fórmula do suplemento entra em uma espiral de ativação contínua e descontrolada levando a uma grande infiltração de monócitos e neutrófilos em tecidos inflamados. Esta condição leva a danos inflamatórios persistentes nas paredes da pele. vasos em torno de vários órgãos importantes, lesões microvasculares disseminadas e trombose, que causam insuficiência multiórgão.

“Estudos anteriores já destacaram o uso de inibidores de suplementos como uma estratégia promissora de cura para melhorar a tromboinflamation em pacientes com Covid-19 e houve relatos de casos com resultados positivos. No entanto, a ação não foi elucidada e a eficácia de medicamentos já utilizados no remédio de doenças hematológicas causadas por alterações adicionais, como eculizumabe, e nenhum requerente de medicamentos havia sido avaliado com essa função, como o AMY-101”, explica Calado.

Para avançar nessa direção, os pesquisadores realizaram dois estudos clínicos para comparar a eficácia biológica do eculizumab com o peptídeo artificial amy-101 em pequenas equipes independentes de pacientes Covid-19 gravemente afetados.

Uma organização de dez pacientes internados no Hospital das Clunicas da FMRP-USP, idosos de 18 a 80 anos, ganhou uma dose de 900 mg de sulizumabe uma vez por semana, o que inibe a proteína Cfive no sistema de suplementos. Três outros pacientes internados em um hospital em Milão, Itália, foram hospitalizados com uma dose de cinco mg de AMY-101 consistente com a semana, desenvolvida para inibir a proteína C3 do sistema de suplementos. Juntas, as proteínas C3 e Cfive trazem atividades vitais máximas no sistema de suplementos.

Os efeitos da pesquisa das respostas clínicas indicaram que eculizumabe e AMY-101 induziram uma resposta anti-inflamatória fisicamente potente, refletida através de uma queda acentuada nos níveis de proteína C-reativa (PCR) e interleucina 6 (IL-6), que foi marcadamente relacionada à melhora no pulmão serve como em pacientes.

Inibição da proteína C3 através da molécula amy-101, controle de cura mais amplo, caracterizado por uma recuperação mais rápida do linfócito, marcação mínima no número de neutrófilos e aumento da mitigação da tromboinflmização induzida pela reação inflamatória exacerbada à infecção pelo SARS-CoV-2.

“Os efeitos dos ensaios clínicos mostram que a inibição de partes da fórmula do suplemento leva a uma minimização muito intensa da inflamação”, explica Calado.

Devido aos efeitos promissores de qualquer um dos ensaios clínicos, os pesquisadores do CTC e da Universidade da Pensilvânia planejam realizar um exame clínico fase 3 envolvendo mais de cem pacientes com Covid-19 em estado grave. Os pacientes serão tratados apenas com AMY-101, a fim de avaliar melhor a eficácia da molécula.

O exame será realizado no Hospital das Clunicas de FMRP-USP e provavelmente envolverá outros institutos de estudos no país. “Um dos benefícios do AMY-101 é que sua carga é muito menor do que a do eculizumabe, que é a droga mais amada”, diz Calado.

Elton Alisson, através da Agnoncia Fapesp

 

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
UOL Portal R7 Portal Exame Yahoo! Yahoo! Portal R7 PE mais Agora RN online Jornal O Diário (RJ) online Jornal Potiguar Giro 24h Vale do Piancó Noticias Araraquara24horas Jefte News Piauí Noticias Press From Brasil MSN Planeta online Região Noroeste Jornal da Ciência online Dom Total Revista Amazônia Pfarma Jornal D Marília Blog Itarantim Agora Portal Maratimba Rádio Costa Sul FM Rádio Vale FM 102,3 (Bahia) Portal Salvador Dez BN - Bahia Notícias Andaiá FM Voz da Bahia Preto no Branco RBR Notícias Mapele News Jornal Correio do Oeste (Buritirama, BA) Plox Blog Saúde e Dicas A Cidade On (São Carlos, SP) Top Stories Brazil Em Tempo (Manaus, AM) online Portal Thathi ICTQ - Instituto de Ciência, Tecnologia e Qualidade Portal Mato Grosso Portal MT IG O Atual Voz MT Notícia em Foco MT Bomba Bomba Hoje ES O Documento online Giro Marília Bem Notícias Paraíba Notícia Portal Lapada Lapada Galileu online NE10 Jornal Integração Biblioteca Benedicto Monteiro Portal da Enfermagem Tá Sabendo? Jornal Alerta NE10 Interior Digital Rádio e TV NewsLab online Panorama Farmacêutico Expresso PB online Portal Correio Press From Brasil Poder360 MSN Jornal Folha da Terra (Itupeva, SP) online SBNotícias Saber Atualizado Investe São Paulo Paraíba Atual Paraíba Debate PPTA Soluções e Tecnologia Portal Thathi Portal do Governo do Estado de São Paulo Ternura FM Folha Nobre Notícias & Artigos Panorama Farmacêutico Cariri em Ação Cacimbinha News Preto no Branco Blog do BG São Miguel para Todos Sistema Costa Norte de Comunicação Portal da Cidade (Registro, SP) Jovem Pan Jornal Opção (Goiânia, GO) online Duna Press Beto Ribeiro Repórter Acontece Botucatu Agora na Mídia Canaltech Jornal Primeira Página online Farmacêutico Márcio Antoniassi Diário da Saúde O Sul online RolNews Jornal Cidade - Rio Claro Jornal A Cidade Ubatuba 2A+ Farma Jornal Primeira Página Biblioteca FMUSP Tribuna (Ribeirão Preto, SP) Tribuna (Ribeirão Preto, SP) online Secretaria da Educação do Estado de São Paulo O Roncador Leia Lucas Tech Na Net