Notícia

UNOESTE - Universidade do Oeste Paulista

Docentes da Educação Física recebem prêmio em cardiologia

Publicado em 02 dezembro 2011

Romulo Fernandes e Diego Christofaro foram os autores principais de uma das cinco melhores pesquisas da Revista Artigos Brasileiros de Cardiologia em 2011

Os docentes do curso de Educação Física da Unoeste, Romulo Araujo Fernandes e Diego Giulliano Destro Christofaro, receberam na última semana em Florianópolis (SC), prêmio pela autoria de um dos cinco melhores artigos científicos da Revista Artigos Brasileiros de Cardiologia, da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), no ano de 2011.

O trabalho intitulado "Prevalência de dislipidemia em adultos fisicamente ativos na infância, adolescência e idade adulta", faz parte da tese de doutorado de Fernandes, defendida na Unesp de Rio Claro (SP), em 2010. "Durante a produção do trabalho, orientado pela professora doutora Angelina Zanesco, tive o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). Para a publicação, na última edição desta revista, que á a maior da área no Brasil, tive a colaboração do também docente da Unoeste, Diego Christofaro".

Ele revela que recebeu com muita surpresa e satisfação a notícia de que o trabalho teria ficado entre os cinco melhores do ano. "É um ótimo reconhecimento para a área da Educação Física, pois estávamos concorrendo com pesquisadores médicos cardiologistas. Este tipo de premiação é importante para a graduação, que tem incentivado a produção científica, sendo esta uma maneira de motivar o investimento no ramo".

Para Diego Giulliano Destro Christofaro, a premiação só o estimula a produzir novas pesquisas e a continuar levando o nome da Unoeste para outras publicações renomadas, como esta da Sociedade Brasileira de Cardiologia. "Somos recém-contratados pela universidade e é gratificante poder, logo de início, representar a instituição em um evento tão importante. Temos uma parceria antiga na pesquisa e objetivos em comum, como o de produzir estudos aplicáveis à prática na área da saúde e estimular a produção científica entre os estudantes", salienta.

De acordo com o coordenador da graduação em Educação Física na Unoeste, Marcelo Crepaldi Leitão, o curso investe na qualificação de seus docentes. "Receber notícias como esta é gratificante, pois nosso principal objetivo é unir o ensino, a pesquisa e a extensão. Ver professores novos investindo na área científica só traz motivação e benefícios para a nossa equipe e estudantes".