Notícia

Esteta

Dirigentes da FAPESP participam de audiência na Assembleia Legislativa

Publicado em 22 agosto 2014

O presidente da FAPESP, Celso Lafer, e o diretor científico da Fundação, Carlos Henrique de Brito Cruz, participaram na quarta-feira (20/08) de uma reunião extraordinária com a Comissão de Ciência, Tecnologia e Informação da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.

 

Na reunião, presidida pelo deputado Orlando Bolçone, Lafer detalhou, em seu pronunciamento, o papel do Poder Legislativo na criação e na implementação de instrumentos legais para criação da FAPESP e para o apoio à pesquisa científica e tecnológica no Estado.

 

Foram também destacados projetos e programas de pesquisa voltados ao estímulo da inovação, ao avanço do conhecimento e iniciativas que têm contribuído para o desenvolvimento socioeconômico do Estado de São Paulo.

 

Lafer lembrou o trabalho dos deputados Lincoln Feliciano e Caio Prado Jr. no aperfeiçoamento de propostas da comunidade científica que resultaram no artigo 123 da Constituição de 1947, que previu a criação de uma fundação para amparo à pesquisa, e o respaldo do Legislativo para a instituição da FAPESP em 1960, regulamentada em decreto de 1962, quando a Fundação iniciou suas atividades.

 

“Desde a sua criação, a FAPESP mantém diálogo constante com os deputados da Assembleia Legislativa”, disse Lafer. “A governança da FAPESP tem consciência de que tem de prestar contas ao contribuinte paulista, aos órgãos públicos de controle, à comunidade mais ampla e ao Legislativo.”

 

Brito Cruz destacou a importância e a prioridade que o Estado de São Paulo dá para a atividade de pesquisa. “Entre os 26 estados brasileiros, São Paulo é o que mais utiliza recursos públicos do próprio Estado para essa finalidade”, disse.

 

“Esse investimento cria oportunidades e impulsiona o desenvolvimento, além de permitir o aumento na formação de pesquisadores, no número de artigos científicos publicados e a criação de conhecimento”, disse Brito Cruz.

 

Entre os projetos apoiados pela FAPESP citados pelo diretor científico estão pesquisas para o desenvolvimento de uma vacina contra a Aids, em fase de testes em macacos por pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, e um conjunto de projetos no Programa de Pesquisa para o Sistema Único de Saúde (PPSUS) para a proposição de soluções de problemas na área de saúde importantes para São Paulo e para o Brasil. O apoio ao PPSUS é feito em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, o Ministério da Saúde e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

 

“A FAPESP pensa e atua para transformar São Paulo em um estado mais desenvolvido”, disse Bolçone ao final da reunião. “Esperamos que estudos apoiados pela Fundação sejam utilizados no enfrentamento dos grandes desafios do futuro.”

 

O pronunciamento de Lafer na reunião com a Comissão de Ciência, Tecnologia e Informação da Assembleia Legislativa de São Paulo está publicado em http://fapesp.br/8863.

 

 

Fernando Cunha

Agência FAPESP