Notícia

Jornal da Cidade (Bauru, SP) online

Dinossauro com quatro asas

Publicado em 29 janeiro 2007

Agência FAPESP - Uma nova pesquisa feita a partir de fósseis encontrados na China sugere que alguns dos mais antigos dinossauros voadores tinham quatro asas. As estruturas eram divididas em dois pares, como os aviões biplano.
O estudo, que será publicado esta semana no site e posteriormente na versão impressa da Proceedings of the National Academy of Sciences (Pnas), reconstrói detalhes desses ancestrais das aves modernas, criaturas pequenas que desenvolveram asas para se deslocar entre os topos das árvores.
A espécie estudada é o Microraptor gui, que viveu há cerca de 125 milhões de anos. Um estudo anterior havia indicado que o dinossauro tinha as asas distribuídas de modo semelhante ao de uma libélula, com um par mais à frente do outro.
O novo trabalho, liderado por Sankar Chatterjee, da Universidade de Tecnologia do Museu do Texas, nos Estados Unidos, propõe outra distribuição para as asas, que lembra a dos aviões comuns nas primeiras décadas da aviação, hoje usados em show de acrobacia.
De acordo com o estudo, a distribuição do tipo libélula não permitiria uma ascensão adequada e dificultaria o andar do animal. Os pesquisadores sugerem que as asas menores estavam posicionadas abaixo do corpo, como as asas inferiores dos biplanos.
O desenho sugerido foi experimentado em simulações feitas em computador e indicou que o Microraptor ondulava facilmente para cima e para baixo, em uma abordagem ideal para o deslocamento entre árvores.
A análise propõe que mais estudos sejam feitos para entender melhor se o formato biplano foi o precursor do vôo de todas as aves ou se foi apenas uma simples ocorrência. Nos últimos anos, centenas de fósseis descobertos na China têm ajudado a esclarecer como o vôo evoluiu dos dinossauros para as aves.
O artigo Biplane wing planform and flight performance of the feathered dinosaur Microraptor gui, de Sankar Chatterjee e R. Jack Templin, pode ser lido por assinantes da Pnas em www.pnas.org.