Notícia

Jornal da Unesp online

Dicionário para o mundo do capital

Publicado em 14 dezembro 2006

Embora as questões financeiras, como taxas de juros e mercado de capitais, afetem toda a vida do País, a linguagem desse setor ainda é dominada praticamente apenas pelos especialistas. Para enfrentar esse problema, a lingüista e lexicógrafa Maria Tereza Camargo Biderman, professora do Departamento de Lingüística da Faculdade de Ciências e Letras (FCL), campus de Araraquara, lançou o Dicionário de termos financeiros e bancários. O evento ocorreu no dia 31 de outubro, na sede da Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo).
A obra reúne mais de 700 verbetes a partir de textos atuais e diversificados nesses domínios do conhecimento, se faz acompanhar do termo correspondente em inglês. E um índice dos termos em inglês, com seu equivalente em português, facilita a consulta desses vocábulos e esclarece seu sentido e uso no Brasil.
Na maioria dos verbetes, estão indicadas as leis e outros documentos legais que embasam o conceito definido. "Trata-se de um valioso instrumento de trabalho e de consulta para profissionais da área financeira, bem como professores, jornalistas e estudantes", diz Maria Tereza, professora colaboradora na pós-graduação da FCL.
Publicado com o apoio do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) e da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), o livro teve como ponto de partida uma base informatizada de textos especializados nas áreas de abrangência da publicação.
Eles foram recolhidos de portais na Internet e publicações impressas de variadas instituições, entre elas associações financeiras, federações e institutos, além de bancos, fontes jornalísticas e livros. "Foram 549 textos, totalizando mais de 1,5 milhão de palavras. Desse universo, coletamos os termos e os contextos usados para a sua definição", explica Maria Tereza. "É preciso recolher, sem cessar, os vocábulos novos que os especialistas criam e registrá-los em dicionários. Esse foi um dos desafios desta obra."

Vocabulário especializado
A partir dessa base textual informatizada, foi gerada uma lista do vocabulário especializado para constituir a nomenclatura. "É assim que chamamos a lista de palavras-entrada de um dicionário", comenta a autora. Com um programa computacional, foram geradas as concordâncias de uso dessas palavras, que permitiram elaborar as definições de cada termo utilizado no dicionário.
Cada verbete inclui os seguintes tópicos: palavra-entrada em português, em negrito; equivalente em inglês, em itálico; definição da palavra-entrada; outras informações, às vezes de natureza enciclopédica; indicação, de acordo com o caso, de sinônimos e antônimos; remissão a outros verbetes que ajudam a compreender melhor o significado de uma palavra; e indicação, se houver, de legislação pertinente ao conceito e âmbito de significação.
"Apesar de nós, professores universitários, estudarmos muito e gerarmos todo tipo de novo conhecimento, temos nos ocupado pouco de produtos pragmáticos que visem às necessidades da sociedade brasileira. Este dicionário, de alguma forma, contribui para preencher esse tipo de lacuna", conclui a docente da FCL, também autora de: Dicionário contemporâneo de português (Editora Vozes, 1982); Dicionário didático de português (Editora Ática, 1998); Dicionário ilustrado de português (Editora Ática, 2005); e Dicionário do estudante (Editora Globo, 2005).
Um dos principais projetos de Maria Tereza, intitulado Dicionário histórico do português do Brasil — séculos XVI, XVII e XVIII, foi aprovado pelo CNPq, em 2006. Orçada em R$ 1 milhão, no âmbito do Programa Instituto do Milênio, iniciativa do Ministério da Ciência e Tecnologia, a obra representa um projeto pioneiro e deverá reunir, nos próximos dois anos, cerca de 10 mil palavras do vocabulário do início da história do País.
Dicionário de termos financeiros e bancários — Maria Tereza Camargo Biderman; colaboradores:
Eliane Simões Pereira Bulhões e Sol Biderman; Apoio: Fapesp e CNPq; Disal Editora; 440 páginas;
R$ 59,00. Informações: www.disaleditora.com.br ou (11) 3237-0070
Oscar D'Ambrosio