Notícia

Esteta

Dezenas de artigos sobre os impactos da usina de Belo Monte estão disponíveis para download

Publicado em 13 setembro 2019

Por Agência FAPESP

Os resultados do projeto “Processos sociais e ambientais que acompanham a construção da hidrelétrica de Belo Monte, Altamira, PA”, apoiado pela FAPESP na modalidade São Paulo Excellence Chair (SPEC), foram apresentados em um seminário realizado na sede da Fundação nos dias 27 e 28 de agosto.

Ao longo de seis anos de estudo, pesquisadores coordenados por Emilio Moran, professor da Universidade Estadual de Michigan, nos Estados Unidos, e pesquisador visitante do Núcleo de Estudos Ambientais da Universidade Estadual de Campinas (Nepam-Unicamp), avaliaram os impactos sociais e ambientais da construção de Belo Monte e constataram que, em vez de induzir o desenvolvimento econômico sustentável da região, a usina contribuiu para aumentar o custo de vida e agravar problemas de habitação e saneamento, além de reduzir a produção de alimentos e a pesca na região (leia mais em agencia.fapesp.br/31374).

Além de capítulos em livros, a pesquisa resultou em um conjunto de artigos publicados em diversos periódicos científicos – 22 deles estão disponíveis no endereço www.fapesp.br/12967, que também reúne as apresentações dos participantes do seminário.