Notícia

O Vale online

Desmate da Mata Atlântica eleva calor no local, diz estudo

Publicado em 06 fevereiro 2020

MATA. - Estudo da USP (Universidades de São Paulo) e da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) revela que, se um fragmento de Mata Atlântica de um hectare tiver 25% de sua área desmatada, a temperatura local aumenta 1ºC. Se toda a área for cortada, pode chegar a 4ºC.

"Conseguimos detectar efeitos climáticos de aquecimento causado pelo desmatamento de florestas nessa escala de fragmentos da Mata Atlântica, muito comuns no Sudeste do país", disse Humberto Rocha, coordenador do trabalho, em entrevista à Agência Fapesp.

Considerada uma das florestas mais ricas e ameaçadas do planeta, a Mata Atlântica ocupa hoje 15% do território brasileiro, em região que abrange 72% da população do país. Dados recentes do Atlas da Mata Atlântica indicam que foram perdidos 113 km² do bioma entre 2017 e 2018. O monitoramento é feito pela Fundação SOS Mata Atlântica e pelo Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais)..