Notícia

Distrito

Descubra quais são as 50 startups selecionadas para a primeira fase do Female Scale

Publicado em 30 março 2021

Por Redação Distrito

O programa de aceleração para mulheres empreendedoras fundadoras ou cofundadoras de startups em estágio de pré-operação ou em operação já tem as 50 selecionadas para a fase Launch, a primeira etapa do programa.

O Female Scale tem o prazer de apresentar as escolhidas para participar da aceleração que pretende levar as startups para a fase de scale-up por meio de mentorias, treinamentos e encontros com profissionais do mercado.

Com soluções vindas de todas as regiões do Brasil, as verticais mais contempladas foram: HealthTech com 14% das startups, AdTech/MarTech com 12%, LegalTech com 10%, FinTechs e HRTechs com 8% cada e CleanTech e EdTech ambas com 6% também.

A primeira fase tem início no dia 05 de abril com um mês de duração, após esse período, as 10 startups que se destacarem durante as quatro semanas da fase Launch serão selecionadas para a segunda etapa, a fase Traction.

Em cocriação com a B2Mamy, correalização da Ambev e Marisa, patrocínio da Via Varejo e com o apoio da Microsoft, Omni e We Impact até as startups que não foram selecionadas para participar da primeira edição do Female Scale receberão incentivos, com acesso às plataformas Distrito for Startups e B2Mamy e-Place por 2 meses.

Todas as informações sobre o Female Scale estão disponíveis no regulamento do programa. Para tirar dúvidas pontuais escreva para: femalescale@b2mamy.com.br

As 50 startups selecionadas para a etapa Launch:

4 Hábitos para Mudar o Mundo, uma CleanTech do Distrito Federal.

Sobre:

A 4 Hábitos para Mudar o Mundo traz uma solução para o reaproveitamento de resíduos sólidos urbanos de grandes geradores. Através de uma metodologia implanta uma estratégia de descarte qualificado e através de uma tecnologia captura dados em sua plataforma. O reaproveitamento de resíduos chegam a 60% em menos de um mês. Orgânicos são compostados no local e recicláveis são levados por cooperativas de catadores, impactando o aumento de renda no terceiro setor. Os relatórios mensais trazem governança de dados e o impacto de neutralizações, contribuição social e economia.

Adaflow, uma startup de contabilidade de São Paulo.

Sobre:

A Adaflow oferece através de um SaaS um modelo de contabilidade automatizada para profissionais PJ. A crescente onda do trabalho remoto é um dos principais responsáveis por uma nova demanda que busca por serviços de alta qualidade não oferecidos atualmente no mercado. A startup mapeia todos os processos contábeis necessários para profissionais PJ. Hoje os know-how são traduzidos em algoritmos (flows), tornando a contabilidade destes clientes automatizada e praticamente sem interação humana. Também oferecem uma conta PJ digital com conciliação fiscal automatizada, fechando todo o ciclo necessário para atuar como um prestador de serviço.

akinTec, uma FinTech de São Paulo.

Sobre:

A akinTec é uma startup de tecnologia capaz de fornecer empréstimos às classes C, D e E, através de um sistema de modelagem de risco de crédito que traz propostas completas e personalizadas para cada cliente. Para atender este mercado, a startup estrutura uma operação que abrange as principais necessidades do público-alvo e constrói uma plataforma que opera um modelo de negócio baseado em três principais funções:

empréstimos, varejo e banco digital. Com o aplicativo é possível acompanhar e executar todas essas operações. A estratégia de infiltração é focada na criação de pontos de venda em pequenos comércios periféricos e em locais onde o acesso a bancos e lotéricas é dificultado pela distância ou pela pelo excesso de demanda por estes serviços.

Assinei, uma LegalTech de Goiás.

Sobre:

A Assinei é uma startup com um time na operação 100% feminino. A startup ajuda empresas a migrar para um processo digital na gestão de contratos e documentos. São uma spinoff do Grupo Siagri, empresa de tecnologia para o agro. Compartilham recursos de desenvolvimento do grupo, mais necessariamente do hub Conexa, onde estão incubadas. Em menos de 1 ano de existência já conseguiram quase 30 clientes com modelo de cobrança recorrente. Desenvolveram o produto em 5 meses e estão em fase de operação buscando a tração para alcançar novas vendas e mercados.

Avaliando Brasil, uma GovTech do Paraná.

Sobre:

A Avaliando Brasil é uma ferramenta brasileira e online, destinada a coleta e gerenciamento de avaliações acerca do atendimento, ou serviço, oferecido na forma presencial. Canal com intuito em aproximar do gestor, a opinião do usuário/cliente. O propósito é conhecer eventual falha no atendimento que possa estar gerando litígios administrativos ou judiciais, bem como reclamações em redes sociais. A avaliação se dá espontaneamente, em consonância com a LGPD, no momento do próprio atendimento, a partir de aparelho celular, via leitura do código QR por meio de placas de identificação, onde são disponibilizadas em todos os pontos a serem submetidos às avaliações.

Baghome, uma RetailTech do Piauí.

Sobre:

A Baghome faz o serviço de Shopper e Delivery para lojas e Shopping Centers (exceto restaurantes).

B.girl, uma FemTech de São Paulo.

Sobre:

A B.girl é uma rede social com status de clube voltada para o desenvolvimento emocional de meninas adolescentes. No Brasil, são mais de 4 milhões de meninas entre 10 e 16 anos e é crescente o número das que apresentam algum transtorno psicológico.

A B.girl é a primeira FemTech exclusivamente para meninas adolescentes que usa o entretenimento como forma de aprendizado, desenvolvimento e fortalecimento emocional, num ambiente seguro, lúdico, divertido e interativo. Os principais diferenciais da Bgirl são Inteligência Artificial, Big Data e alta capacidade de geração de dados.

Boletão, uma FinTech do Rio Grande do Sul.

Sobre:

O Boletão une todos os boletos do usuário em um só e em uma única data. Através do aplicativo do Boletão, o usuário tem todos os seus boletos em um único lugar, através da busca automática de todos os boletos pelo CPF e CNPJ, e dos boletos que chegam por e-mail.

Unificação do pagamento, onde ao invés do usuário pagar um por um dos seus boletos, de forma pré paga ou no crédito, ele faz um único pagamento para o Boletão e é o Boletão quem gerencia e liquida cada um dos boletos em cada vencimento. E se ficar sem dinheiro, não precisa mais atrasar, basta apenas contratar o crédito do Boletão.

CalcLab, uma HealthTech do Distrito Federal.

Sobre:

O CalcLab agiliza e facilita a profunda interpretação de exames laboratoriais. Entender o laudo não é tarefa rápida ou simples, é preciso anos de estudo além de um tempo considerável na consulta e o CalcLab automatiza isso em segundos, aplicando centenas de regras de interpretação e apresentando ao profissional os possíveis problemas do paciente.

Clubinho Preto, uma EdTech do Rio de Janeiro.

Sobre:

Clubinho Preto é uma startup de impacto social com foco na redução da desigualdade racial na infância. Oferecem um box mensal com livros, brinquedos, roupas, acessórios com temática antirracista e afrocentrada para oferecer às crianças e suas famílias (negras, brancas) uma experiência positiva relacionada à cultura e estética negra, de forma leve, lúdica e divertida.

Os produtos da caixa são fornecidos por afroempreendedores (em sua maioria, mulheres), ajudando a desenvolver a cadeia de fornecimento e facilitando nossa curadoria.

Co.Urban, uma Smart Cities de São Paulo.

Sobre:

Empresa de tecnologia que oferece uma plataforma inteligente com ferramentas de gestão para serviços urbanos mais eficientes, conectando dados de equipes de campo em tempo real de modo a garantir insights de melhoria de performance e decisões de negócios assertivas e ágeis.

Cuidado & Cia, uma HealthTech do Amazonas.

Sobre:

A Cuidado&Cia presta serviço oferecendo mão de obra qualificada de profissionais da saúde com atendimento em domicílio. Em desenvolvimento está também a funcionalidade de clube de compras e banco de soluções fornecidas pela experiência da família.

Dados Legais, uma LegalTech do Rio de Janeiro.

Sobre:

A solução da Dados Ilegais automatiza e gerencia, de maneira transparente e objetiva, o atendimento a todos os direitos dos titulares de dados pessoais, implicando na redução do custo de compliance com a LGPD, prevenção eficaz e ágil contra sanções e indenizações e posicionamento estratégico da marca no mercado.

Event Mining, uma AdTech/ MarTech de Santa Catarina.

Sobre:

Empresa de tecnologia em eventos com inteligência de dados. Utilizam de um evento para em tempo real mensurar resultados e comportamento dos potenciais leads do contratante. Tem um hub de parceiros que prestam os serviços de organização e tecnológicos para o evento, realizam API para nossa plataforma e entregam um relatório pós evento analisando todos os dados daquele evento. Análise comportamental, de sentimento e quantitativo.

Fábrica de SDR, uma AdTech/Martech de São Paulo.

Sobre:

A Fábrica de SDR é um projeto de empoderamento Feminino. Fornecem treinamentos gratuitos para mulheres e qualificação na área comercial. Após os treinamentos, entrevistam as mulheres que se formaram e as colocam em projetos sob a gestão da startup.

Fechô, uma PropTech de Sergipe.

Sobre:

A Fechô é uma empresa de tecnologia que atua no setor imobiliário, a princípio ajudam clientes a vender e comprar novos imóveis. Com as informações coletadas também desenvolvem um serviço de consultoria baseado em inteligência computacional para levantar insights sobre informações importantes para incorporadoras.

Flexmedical, uma HealthTech de São Paulo.

Sobre:

A Fleximedical tem como propósito democratizar o acesso à saúde, isto através de unidades móveis, que são carretas, containers, vans transformados em consultórios médicos, salas de exames (ultrassom, endoscopia, tomografia) e até mesmo Centro cirúrgicos. Estas unidades podem ser alugadas ou vendidas para o B2B (prestadores de serviços de saúde privado , ONGs , OSSs) ou no B2G (diretamente ao governo).

Flink, uma RetailTech de Pernambuco.

Sobre:

A Flink foi idealizada para integrar o digital ao ambiente físico das lojas, melhorar a experiência do consumidor nas compras e colaborar com os lojistas para uma melhor gestão dos seus supermercados. A Flink reduz o tempo e esforço em fila para o consumidor, indica os produtos em falta e possibilita o controle dos gastos antes e durante as compras. Com a Flink, o supermercado poderá através dos consumidores identificar divergência de preços nas gôndolas, informá-los sobre promoções e acolher sugestões dos itens mais procurados pelos seus consumidores, ele poderá ainda flexibilizar a sua negociação com fornecedores.

Hiperbanco, uma FinTech da Bahia.

Sobre:

A startup desenvolveu uma solução financeira baseada na oferta de meios de pagamentos presenciais e online, disponibilizados por meio de uma única plataforma que engloba todas áreas de um negócio, diminuindo assim a necessidade do cliente contratar várias empresas e onerar o seu custo operacional para a gestão de pagamentos. A plataforma Hiperbanco oferece uma solução completa por meio de produtos simples, rápidos, menos burocráticos e eficientes que levam robustez aos pequenos negócios.

hubkn, uma AdTech/MarTech do Paraná.

Sobre:

A hubkn é uma startup que faz inteligência artificial para acelerar e otimizar processos de vendas através de um tech layer que se conecta à base de dados para fornecer acesso a KPIs precisos de forma rápida, seja por conexão de voz, imagem, gerando insights e até mesmo predições sobre o negócio.

Idez Digital, uma fintech do Rio Grande do Sul.

Sobre:

A Idez Digital é uma fintech que viabiliza a criação de bancos digitais personalizados. Assumem toda tecnologia, infraestrutura e regulatório para que outras empresas possam oferecer soluções digitais de pagamentos e fortalecer seu ecossistema.

ImunoTera, uma HealthTech de São Paulo.

Sobre:

A ImunoTera desenvolveu uma plataforma biotecnológica de ativação do sistema imunológico. Esta plataforma é viabilizada na forma de uma vacina, que ensina o nosso corpo a combater o câncer ou doença infecciosa através da geração de células de defesa (linfócitos T). Atualmente possuem um convênio com a universidade e estão desenvolvendo novos produtos do pipeline, incluindo uma vacina preventiva e terapêutica contra a COVID-19. A empresa recebeu mais de R$1,2 milhões em recursos da FAPESP no âmbito do Programa PIPE (Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas) e R$ 100 mil de premiação do Programa Mulheres Inovadoras 2020 promovido pela Finep.

Kriativar, uma PropTech de Minas Gerais.

Sobre:

A Kriativar ajuda grandes corporações a vencerem os principais desafios da indústria 4.0 – aprendizagem organizacional, diálogo com comunidades, engajamento do público interno e externo, aprendizagem organizacional, comunicação corporativa, mudança da cultura interna, inovação, etc, por meio de tecnologias emergentes e de conteúdo interativo. Nós trabalhamos com tecnologia de ponta, como Realidade Aumentada e Virtual, Inteligência Artificial, plataformas de cocriação e hoje temos vários produtos desenvolvidos e já atendemos grandes empresas como Samarco, Cemig, Rehagro, Brookfield, Burger King, Vallourec, Nexa (antiga Votorantin Metais), Rehagro, Bamin, Claro, Anglo American, Porto Sudeste, Ibram, etc.

Labora, uma HRTech de São Paulo.

Sobre:

A Labora é a primeira plataforma capaz de destravar as amarras para acelerar a inclusão da diversidade geracional nas equipes de nossas empresas clientes. Atuam desde a identificação de perfis, treinamento, mapeamento de skills e propósitos das pessoas para realizar o matching sem viés inconsciente de idadismo. Após contratação, disponibilizam dashboards que gestores acompanhem resultados, conforme os desafios encontrados, disponibilizam treinamentos para gestores, equipe e profissionais 50+ otimizem a disponibilização de seus capitais de vida em prol da criação de valor para empresas.

LinkFit, uma HealthTech de São Paulo.

Sobre:

Por meio da tecnologia que desenvolvem, profissionais da saúde – em especial educadores físicos e fisioterapeutas – podem atender seus clientes online com a qualidade e segurança de um atendimento presencial. A AI avalia todos os movimentos prescritos e, numa ponta, ajuda os clientes/alunos, in real time, a executá-los da forma correta e, na outra, fornece dados aos profissionais para eventuais correções ou mudanças nas atividades propostas. A plataforma produz relatórios e históricos de acompanhamento e evolução de cada cliente, ampliando as possibilidades de soluções de saúde/qualidade de vida oferecidas.

Magnet Customer, uma CRM de São Paulo.

Sobre:

A Magnet Customer une o Marketing de relacionamento, o atendimento ao cliente e suas informações em um único lugar. Automatizam os processos de comunicação, permitindo definir, com exatidão, o que comunicar, para quem e quando. Tudo isso integrado aos principais canais de comunicação. A equipe de relacionamento consegue acompanhar toda evolução da jornada de seus clientes de maneira simples e confiável, tudo está em um único lugar. Com uma dashboard customizável diretores e gerentes conseguem acompanhar o dia a dia da operação e definir as melhores estratégias para a empresa.

Maneje Bem, AgTech de Santa Catarina.

Sobre:

A ManejeBem dissemina conhecimento fomentando a cadeia produtiva por meio de plataformas digitais. Com a forma de atuação, auxiliam e desenvolvem cadeias produtivas envolvendo a agricultura familiar e as agroindústrias.

Medei, uma HRTech de São Paulo.

Sobre:

A Medei cuida dos processos de demissão e pós- demissão, trazendo tecnologia e humanização no final de término de relacionamento entre empresa e funcionário. Realizam desde a demissão on-line (ou presencial), com assinatura de documentos de forma eletrônica. Em pós desligamento, realizam a homologação da rescisão de contrato de trabalho, com uso de videoconferência e assinatura eletrônica de documentos. O assinador eletrônico é o MedeiSign, desenvolvimento pelo time de tecnologia.

Mediar360, uma LegalTech do Rio de Janeiro.

Sobre:

O propósito é revolucionar a gestão de conflitos de massa no Brasil, democratizando a justiça e contribuindo com a melhoria das organizações e, consequentemente, do país.

Midiacode, uma AdTech/Martech de São Paulo.

Sobre:

Com o Midiacode consumidores podem capturar informações em qualquer lugar, mesmo em deslocamento, de uma forma super fácil, mantê-lo através de um aplicativo organizado e compartilhá-lo de forma imediata. A captura de conteúdos pode ser feita por captura de QR Code, por geolocalização, por compartilhamento e por links.

Mobees, uma AdTech/MarTech do Rio de Janeiro.

Sobre:

A Mobees é uma AdTech de mídia exterior (DOOH) 100% digital, móvel e geolocalizada. Instalam telas inteligentes com tecnologia proprietária sobre os carros de motoristas de aplicativos e oferecem às marcas a mesma experiência de anunciar na Internet, mas nas ruas das grandes cidades. Ao mesmo tempo, geram uma renda extra relevante para motoristas parceiros.

Montanha para Todos, um startup de Mobilidade Urbana de São Paulo.

Sobre:

A startup desenvolve equipamentos de uso compartilhado que possibilitam o acesso de cadeirantes e outras pessoas com mobilidade reduzida em atividades ao ar livre, como montanhas , cachoeiras e trilhas. Equipamentos desmontáveis para serem portáteis e também de custo reduzido.

Nouhau, uma HRTech do Maranhão.

Sobre:

A Nouhau é uma startup que promove momentos de imersão, com o objetivo de mapear e estimular o desenvolvimento de competências socioemocionais, através de jogos estratégicos e metodologias inovadoras. A metodologia da Nouhau é baseada em aprendizado para adultos, não só mapeando o comportamento dos participantes, mas também estimulando o desenvolvimento dessas competências.

Onyma Digital, uma HealthTech de São Paulo.

Sobre:

A startup oferece experiência digital de próximo nível de gestão de saúde ocupacional, livrando o RH da necessidade de coordenar funcionários e prestadores de saúde, por meio do uso de mensagens padronizadas e software proprietário com dashboards gerenciais, junto com um app em que cada funcionário agenda as consultas de saúde ocupacional e responde fichas de saúde previamente às consultas, agilizando o processo.

Plasticor, uma CleanTech do Rio de Janeiro.

Sobre:

Embalagens biodegradáveis compostáveis e inteligentes que mudam de cor quando alimento estraga, a startup fornece insumos para transformadores de plásticos inovarem na cadeia produtiva.

Recicla.Club, uma CleanTech do Rio de Janeiro.

Sobre:

A Recicla.Club é um BPO de Gestão de Resíduos. São um clube com mais de 100 empresas parceiras onde montam o melhor pacote de serviços de acordo com a localização de nosso cliente. Fazem a gestão completa de todos os resíduos desde a organização do espaço físico até a destinação final com total rastreabilidade em nosso software online. No último ano destinaram mais de 2 milhões de quilos de resíduos.

Safetest Diagnósticos, uma HealthTech de Minas Gerais.

Sobre:

A Safetest Diagnósticos é uma startup mineira criada em 2016 com a missão de fornecer soluções diagnósticas inovadoras para o setor da saúde humana e veterinária. A Safetest tem se destacado no ecossistema de inovação tendo participado do programa SEED-MG e ganhado a 3ª edição do Biostartup Lab, que selecionou 21 empresas dentre 1200 inscritas de todo o Brasil. Participou ainda do Biotech II, programa fomentado pela União Europeia que busca a capacitação de profissionais dos países membros do Mercosul em inovação tecnológica e com foco em biotecnologias.

SporTI, uma SportTech de Minas Gerais.

Sobre:

Plataformas para gestores esportivos gerenciarem competições (físicas e eletrônicas) e escolas de esportes, ganhando tempo e dinheiro.

Teletanque, uma AgTech da Bahia.

Sobre:

Sistema 4.0 de Gestão da Piscicultura que difunde conhecimento e promove transformação digital, profissionalização e desenvolvimento ambiental e economicamente sustentável da piscicultura brasileira.

tiffin foods, uma FoodTech de São Paulo.

Sobre:

A tiffin foods conecta indústrias e distribuidores com comerciantes, focado em alimentos e bebidas saudáveis, naturais, veggies e suplementos. A startup é um marketplace B2B, o futuro do reabastecimento do varejo.

Tindin, uma EdTech de São Paulo.

Sobre:

A Tindin Suite é um conjunto de aplicações e soluções tecnológicas desenvolvidas de forma modularizada e integrada para a educação financeira envolvendo diferentes públicos. Desenvolvemos uma plataforma Gamificada integrada com uma carteira digital e uma mesada educacional para:

1- Ensinar finanças: educadores financeiros e escolas

2- Vender produtos: mercados e produtores de conteúdo

3- Pagamento sem dinheiro: varejistas e prestadores de serviços.

Única Entrega, uma startups de Mobilidade Urbana do Paraná.

Sobre:

A Única Entrega é uma empresa composta 100% por mulheres, do início ao fim do processo, que realiza entregas porta a porta de moto ou carro, uma inovação em um segmento dominado pelos homens. O objetivo é atender todos que precisam e desejam zelo, atenção e delicadeza na sua entrega. O atendimento é prestado em toda Curitiba e Região Metropolitana e já sabem que nosso modelo de negócio pode ser replicado em outras grandes cidades.

Unicainstancia, uma LegalTech do Rio de Janeiro.

Sobre:

A Unicainstancia é a primeira plataforma de mediação online de problemas com contas de casa. A startup usa inteligência e dados para identificar casos em contas de celular, internet, e-commerce, luz e água para adiantar indenizações que demoraram anos a sair, para apenas 24 horas.

Verifact, uma LegalTech do Paraná.

Sobre:

Ferramenta online que permite que internautas possam coletar conteúdos da internet, como conversas de whatsapp, redes sociais, sites e e-mails como provas digitais, para denúncias ou processos judiciais. A Verifact é uma empresa brasileira que oferece serviço online de registro de provas de fatos ocorridos na internet com altos rigores técnico e jurídico e casos de aceitação pela Justiça em pelo menos cinco estados brasileiros: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná e Pernambuco.

Vixsystem, startup de Mobilidade Urbana do Espírito Santo.

Sobre:

O principal foco da startup é desenvolver soluções tecnológicas que possam melhorar a qualidade de vida das pessoas no intuito de ampliar sua autonomia e liberdade para locomoção, em especial às pessoas com deficiências (PCD). Ao utilizar as práticas de engenharia de softwares, a Vixsystem desenvolve solução pioneira que auxilia pessoas com deficiência visual a se locomoverem de forma mais segura e a 1/5 do custo de um cão-guia.

Wecare, uma HRTech de Goiás.

Sobre:

A Wecare é uma plataforma de reconhecimento peer to peer e gamifcação, com um marketplace de recompensas flexíveis. Entregam uma experiência de reconhecimento de colaboradores orgânica, divertida, que fortalece a cultura e que apoia as empresas em seus desafios de gestão de pessoas na Economia Digital.

Workalove, uma EdTech de Minas Gerais.

Sobre:

A Workalove está construindo um ecossistema de trabalhabilidade e carreiras do mundo, com mais de 50 instituições de ensino, mais de 170 mil estudantes e mais de 10 mil empresas. Em menos de 3 anos de operação já é reconhecida como TOP 10 Edtech da 100 Open Startups, entre as 10 finalistas da Accenture Bravers Awards 2020 e GESAwards 2020.

Yapoli, uma AdTech/ Martech de São Paulo.

Sobre:

Solução para armazenamento, gestão, distribuição de materiais digitais (documentos, PDFs, vídeos, imagens, PPTs, planilhas, áudios etc.) para marcas e produtos de forma centralizada, segura, prática, mensurável, integrável e global. Seja via desktop, mobile ou WhatsApp. Tudo com trilha de auditoria e relatórios de engajamento em tempo real. Ajuda a escalar marcas, a gerar ROI, além de contribuir com as boas práticas de governança.

Yoolo Logística, uma LogTech de Santa Catarina.

Sobre:

A Yoolo é uma startup de logística que conecta comerciantes a entregadores disponíveis através da tecnologia.

Yougo, uma LogTech de São Paulo.

Sobre:

Trata-se de uma solução logística de qualquer empresa, seja ela de pequeno, médio e grande porte; proporcionando rapidez, segurança e qualidade no serviço de entregas e transporte de colaboradores.

O post Descubra quais são as 50 startups selecionadas para a primeira fase do Female Scale apareceu primeiro em Distrito.