Notícia

POP (Portugal)

Descoberta proteína que protege o fígado contra o cancro

Publicado em 15 dezembro 2009

Uma equipa de investigadores, do Japão e dos EUA, descobriu um mecanismo que actua na prevenção de problemas no fígado, como inflamações, fibrose ou cancro, num estudo publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences, citado pela Agência Fapesp.

O mecanismo baseia-se na proteína TAK1 que é apontada como um "regulador mestre" da função hepática.

A TAK1 é uma cinase (ou quinase), um tipo de enzima de sinalização, envolvida no próprio crescimento das células. Esta enzima activa duas proteínas específicas, que ajudam a proteger as células do fígado do desenvolvimento do cancro e da morte celular.

Os investigadores desenvolveram um modelo em ratinhos, no qual observaram uma alta taxa de morte de células do fígado em animais jovens que não tinham a proteína TAK1, resultando em inflamação, fibrose e eventualmente cancro.

"O nosso estudo é o primeiro a demonstrar o papel da TAK1 no desenvolvimento do cancro e indica que esta proteína também contribui para a manifestação de tumores em outros órgãos", disse o japonês Ekihiro Seki, actualmente na Universidade da Califórnia.

Outra conquista da pesquisa é o próprio modelo animal desenvolvido, que sustentou inflamação e fibrose, pontos importantes no desenvolvimento do cancro do fígado em humanos. O modelo, apontam, será útil para investigar se a fibrose influencia o cancro no fígado.

"Também podemos usar o modelo para testar se um fármaco ou uma terapia potencial contra o cancro actua na fibrose, no cancro ou nos dois. O estudo abre um novo potencial terapêutico, que tem como alvo o estudo da expressão da TAK1", afirmou.