Notícia

Época

Decifrada a praga da laranja

Publicado em 08 janeiro 2001

O Brasil deu mais um passo na busca da liderança em pesquisa genética de pragas agrícolas. Na quinta-feita 4 uma equipe de cientistas coordenada por Ana Claudia Rasera da Silva, do Instituto de Química da Universidade de São Paulo, anunciou a conclusão do seqüenciamento do DNA da bactéria Xanthomonas citri, causadora do cancro cítrico. O cancro é uma praga que provoca a perda de até 25% das safras. O avanço científico permitirá desvendar a doença e produzir, no futuro, plantas capazes de resistir a bactéria. Hoje, a única forma de evitar o alastramento é a eliminação das laranjeiras infectadas e de todas ao redor delas. O Brasil já havia feito o seqüenciamento da Xylella fastidiosa, responsável pela praga do amarelinho, o primeiro agente causador de doenças em plantas desvendado no mundo do. O amarelinho também ataca laranjais. Com 4.400 genes do cancro para pesquisar, o projeto teve a participação de 70 pessoas de 13 laboratórios, a um custo de US$ 4 milhões, considerado baixo. Somente no Estado de São Paulo, a praga provoca prejuízos anuais de cerca de US$ 57 milhões.