Notícia

A Cidade (Ribeirão Preto)

Decano de Medicina de Ribeirão é sepultado

Publicado em 18 janeiro 2008

O corpo de Renato Hélios Migliorini foi sepultado ontem no Cemitério Bom Pastor, em Ribeirão Preto. Professor emérito e decano da Faculdade de Medicina (FMRP-USP), Migliorini morreu na quarta-feira aos 81 anos de idade.

Familiares, amigos, professores da USP e orientados do professor acompanharam o velório no saguão da congregação no prédio central da Faculdade de Medicina. Mais de 200 pessoas estiveram no cemitério para darem o último adeus a um dos fundadores do departamento de Fisiologia da USP.

A morte de Migliorini correu o meio acadêmico. Entre as coroas de flores, uma foi enviada pela reitora da USP, Suely Vilela, e outra pela Universidade Federal de Minas Gerais. Mas uma outra chamava atenção. O amigo e professor norte-americano, Timothy J. Bartness, do Departamento de Biologia da Universidade da Georgia nos EUA, prestou sua homenagem ao grande professor de Ribeirão Preto.

Migliorini era membro de Comitês Assessores do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), do Conselho Curador da Fuvest. Foi vice-diretor da FMRP e diretor da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto.