Notícia

Editora Unesp

Debate virtual marca lançamento de obra coletiva sobre a universidade pública

Publicado em 15 dezembro 2020

Lançada pela Editora Unesp, a obra foi redigida coletivamente por dezenas de integrantes da gestão liderada pelos docentes que a organizam

No dia 18 de dezembro (sexta-feira), às 10h, será realizado o lançamento virtual do livro Universidade em Transformação: lições das crises , durante live que será transmitida pelo canal do Youtube da Assessoria de Comunicação e Imprensa da Unesp (a transmissão será feita também pelo Facebook da Unesp).

Participam do encontro on-line os professores Sandro Valentini, reitor da Unesp, Sergio Nobre, vice-reitor, Cleopatra Planeta, pró-reitora de Extensão Universitária e Cultura, Jacques Marcovitch, autor do prefácio, Thomaz Wood Jr, coautor do posfácio, e Elizabeth Balbachevsky, coordenadora científica do Núcleo de Pesquisa de Políticas Públicas (NUPPs) da USP.

Sobre a obra

Para contribuir com o debate em torno dos grandes desafios das universidades públicas brasileiras, o reitor e o vice-reitor da Unesp no período de 2017 a 2020, Sandro Roberto Valentini e Sergio Roberto Nobre, reúnem 20 artigos de especialistas que refletem sobre as crises atravessadas pelo sistema universitário público paulista nas últimas décadas. “Esta é uma das obras mais úteis e abrangentes da literatura acadêmica, no século XXI, para a compreensão de universidades consideradas em crise, mas que não se refugiaram na inércia e buscam os caminhos para renascer em novas e mais sólidas bases”, comenta o prefaciador Jacques Marcovitch, que foi reitor da USP entre 1997 e 2001.

A obra apresenta e discute, na primeira parte, os principais marcos históricos relacionados à construção do bem-sucedido sistema universitário público paulista, composto por USP, Unicamp e Unesp, fortalecido pela Fapesp ao longo de sua história, bem como à conquista da autonomia universitária e sua defesa diante das ameaças enfrentadas nas últimas décadas.

Na segunda parte, o foco recai sobre o protagonismo dos departamentos como célula principal da estrutura universitária. Já na terceira, aborda-se a importância da transformação no ensino de graduação, com destaque para a ampla democratização do acesso ao ensino superior, por ser fator incontornável na busca pelo aumento da inclusão.

A quarta parte se reserva ao tema sobre a maior integração entre universidade e sociedade, articulando ciência, inovação e internacionalização. Na última parte, discute-se a sustentabilidade institucional, a partir de mudanças substantivas na cultura da organização e na gestão da pandemia da Covid-19, situação vivenciada no último ano de gestão.

“Tivemos como objetivo central registrar uma experiência vivenciada durante um mandato reitoral”, anotam Valentini e Nobre, na apresentação. “A motivação surgiu, também, por se tratar de um período diferenciado na história da universidade, marcado por grandes desafios, tanto pela situação orçamentária e financeira com a qual nos deparamos ao assumir a Reitoria, devido a problemas de natureza estrutural e conjuntural, como pela nossa intenção de buscar modernização e transformações profundas, até´ mesmo culturais, na instituição. No entanto, na~o nos restringimos a tal escrituração, uma vez que buscamos, na literatura científica, apoio para o processo de reflexão sobre os problemas enfrentados e com vistas a` legitimação acadêmica de nossas propostas.”

Assessoria de Imprensa da Fundação Editora da Unesp

imprensa.editora@unesp.br