Notícia

BSB Notícias

Das 22 regiões de SP, 15 registram alta na transmissão da Covid-19

Publicado em 01 dezembro 2020

A última atualziação do projeto SP Covid Info Tracker mostra nesta terça-feira, 1, que 15 das 22 regiões do estado de São Paulo registram taxa de transmissão (Rt) da COVID-19 acima de 1, o que significa um aumento no potencial de diseeminação do vírua. De acordo o levantamento, a região de Ribeirão Preto é a mais preocupante, com um número de reprodução do coronavírus de 2,05 e com um alerta de possível aumento no número de casos nos próximos dias. O Info Tracker conta com pesquisadores da Universidade Estadual Paulista (UNESP), Universidade de São Paulo (USP) e CEPID-FAPESP CeMEAI (Centro de Ciências Matemáticas aplicadas à Indústria), e com o apoio da FAPESP. As subregiões com índice menor do que 1, que representa uma redução na disseminação do vírus, são: Grande SP Sudoeste (0,90), Marília (0,73), Barretos (0,65), Franca (0,60), São João da Boa Vista (0,57) e Araçatuba (0,42). Registro é a única subregião sem dados na plataforma. A cidade de Marília registou maior crescimento no número de óbitos em 7 dias. O aumento foi de 7,41%, de acordo com dados atualizados na segunda-feira, 30. Um dia após a reeleição do prefeito Bruno Covas(PSDB), o governador de São Paulo,João Doria (PSDB), anunciou que o estado, que estava na fase verde (nível 4), regrediu para a fase amarela (nível três).

Confira a lista de subregiões com Rt acima de 1:

Ribeirão Preto (2,05)

Baixada Santista (1,97)

São José do Rio Preto (1,96)

Presidente Prudente (1,89) Grande SP Sudeste (1,86)

Grande SP Oeste (1,82)

Taubaté (1,81)

Araraquara (1,79)

Sorocaba (1,78)

Bauru (1,77)

Campinas (1,75)

Grande SP Leste (1,63)

Piracicaba (1,59)

São Paulo (1,53)

Grande SP Norte (1,14)

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
Estadão.com O Estado de S. Paulo Jovem Pan Jovem Pan Tudo Ok Notícias