Notícia

Folha.com

Custos e burocracia atrasam pesquisas na área de saúde, diz diretor da Fapesp

Publicado em 11 maio 2015

Por Andrea Vialli
O Brasil caminha lentamente quando o assunto é inovação. Os principais entraves para a inovação na área de pesquisa médica e farmacêutica são o alto custo da pesquisa e a burocracia inerente ao processo para se testar e aprovar um novo medicamento. "O Brasil criou nos últimos anos uma série de incentivos à inovação, mas não diminuiu os enormes obstáculos para as empresas fazerem pesquisa", afirma Carlos Henrique de Britto Cruz, diretor científico da Fapesp. Segundo ele, os custos trabalhistas e tributários muitas vezes [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.