Notícia

Jornal do Commercio (RJ) online

Custo de apenas R$ 3 para salvar vidas de crianças

Publicado em 04 julho 2005

Um valor pequeno: US$ 1,23 anualmente por habitante, o equivalente a R$ 3. Parece muito pouco, mas seria o suficiente para salvar, todos os anos, pelo menos 6 milhões de crianças nos 42 países responsáveis por 90% da mortalidade infantil no planeta.

A conclusão é de um estudo publicado na edição de 25 de junho da revista médica The Lancet. De acordo com o artigo, trata-se de um custo que pode ser bancado até mesmo pelas nações mais pobres, desde que doações externas possibilitem a instalação e manutenção de uma infra-estrutura de saúde básica nas regiões menos favorecidas.

Um estudo anterior, publicado na mesma revista em 2003, havia estimado que as vidas de 6 milhões de crianças poderiam ser salvas a cada ano, se 23 medidas fossem aplicadas. Na nova pesquisa, Robert Black, da Escola de Saúde Pública Bloomberg da Universidade Johns Hopkins, e colegas, calcularam o custo para a implantação das medidas.

Os pesquisadores verificaram que seriam necessários US$ 5,1 bilhões adicionais a cada ano para que as medidas, como a distribuição de antibióticos e redes contra insetos e o estímulo ao aleitamento materno, pudessem ser aplicadas.

Agência Fapesp