Notícia

Folha de S. Paulo

Crítica, em tempos de violência

Publicado em 25 agosto 2012

Nessa coletânea vigorosa de ensaios, Jaime Guinzburg reúne estudos de teoria literária e literatura brasileira de acordo com uma abordagem particular: a articulação entre melancolia, violência e trauma. O arcabouço teórico do autor é delineado em leituras percucientes e na exposição clara de autores como Lukács, Hegel, Benjamin e Adorno, com destaque para o último. A discussão teórica se aprofunda no diálogo com críticos contemporâneos, como João Camilo Penna, Francisco Foot Hardman, Márcio Seligmann-Silva, Renato Janine [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.