Notícia

Diego na Balada

Crise Hídrica é tema de Seminário Online no dia 1º de junho

Publicado em 26 maio 2021

Por Comunicação SAAE Barretos

População pode acompanhar o evento gratuitamente pelo YouTube do SAAE Barretos

Na próxima terça-feira, dia 1º de junho, o Comitê da Bacia Hidrográfica do Baixo Pardo/Grande (CBH-BPG), promove, das 9h às 11h, Seminário Online sobre Crise Hídrica, pelo canal do YouTube do SAAEB – Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Barretos gratuitamente. Toda a população pode participar sem que haja a necessidade de inscrição.

O evento terá a participação da presidente do Comitê e prefeita de Barretos, Paula Lemos, do vice-presidente do Comitê, Matheus Nicolino Peixoto Henares - professor do Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos (UNIFEB), graduado em Ciências Biológicas com experiência na área de Ecologia de Ecossistemas Aquáticos, Claudio Daher Garcia – Engenheiro Civil, funcionário do DAEE - Departamento de Águas e Energia Elétrica desde 1976, responsável pelo Escritório de Apoio Técnico de Barretos e Secretário Executivo do CBH-BPG, e Hélio Suleiman - engenheiro civil e atual diretor presidente da FABHAT- Fundação Agência da Bacia Hidrográfica do Alto Tietê que possui experiência na área de Engenharia Civil, com ênfase em Engenharia Hidráulica, atuando principalmente em temas como inundações, drenagem urbana, saneamento básico, propagação hidrodinâmica, gerenciamento de projeto e gestão de recursos hídricos.

A palestra "A Crise Hídrica que se avizinha", será ministrada pelo professor Antonio Carlos Zuffo – graduado e mestre em Engenharia Civil, doutor em Engenharia Hidráulica e Saneamento, pós-doutor na University of Toronto, Ontario, Canada, Environmental Engineering Area at Depto of Civil Engineering. Atualmente é MS5 (Professor Associado) da Universidade Estadual de Campinas, - Assessor científico ad hoc das revistas Water International (IWRA), Ciência & Engenharia - UFU, European Journal of Operational Research (EJOR), Revista Brasileira de Recursos Hídricos (RBRH), e de agências de fomento à pesquisa FAPESP, FAPEMIG, FAEPEX. Tem atuação em Engenharia Civil, área de recursos hídricos, em planejamento e gerenciamento de recursos hídricos e ambientais, com ênfase em Análise Multicriterial, atuando principalmente em temas como hidrologia, drenagem urbana, hidrologia determinística, previsão de enchentes, planejamento de recursos hídricos e tomada de decisão (uma das etapas do planejamento). É membro da Aliança para Pesquisa em Hidrologia Tropical-TWRA. Membro da RALCEA - Rede Internacional de Centros de Conhecimento do Setor da Água, rede composta por países da América Latina e União Europeia. Coordenador da Rede BRUM - FINEP, Coordenador do LADSEA (Laboratório de Apoio Multicritério à Decisão Orientada à Sustentabilidade Empresarial e Ambiental. Autor dos livros: Indicadores de sustentabilidade em engenharia: como desenvolver (2015) e, Gerenciamento de recursos hídricos: conceituação e contextualização (2016), ambos editado pela Elsevier.

Durante o evento será apresentado pelo superintendente do SAAE Barretos, o engenheiro civil Waldo Villani Júnior, e pela secretária municipal de Educação de Barretos, Jéssica Maria Santos, o projeto socioambiental "Super Conscientes". A proposta será desenvolvido pelo SAAE Barretos em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e apoio da Seleta Ambiental, com foco na participação de crianças da rede de ensino municipal do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental, com ações educativas a partir de personagens do Esquadrão Ambiental, criados especialmente para a atividade.

"O Projeto Super Conscientes ficará disponível para ser realizado nas demais cidades que compõem o Comitê (Altair, Bebedouro, Colina, Colômbia, Guaraci, Icém, Jaborandi, Morro Agudo, Orlândia, Terra Roxa e Viradouro, e em Guaíra e Pitangueiras que mantém representação) ou ser desenvolvido simultaneamente pelos municípios. Depois de apresentada a proposta os municípios poderão entrar em contato conosco para que comecemos a organizar as ações", explicou Waldo Villani Júnior.

A unidade hidrográfica do CBH-BPG apresenta vários problemas ambientais, tais como: perda acentuada de água superficial provocada pelo intenso desmatamento e aceleração do processo erosivo em áreas urbanas e rurais; perda de solos férteis; assoreamento e risco de desperenização de cursos de água; lançamento de esgotos urbanos não tratados; disposição irregular de lixo; exploração sem controle de água subterrânea e o aumento crescente da demanda de água, especialmente para uso em irrigação.

SAAE Barretos – 26 de maio de 2021

E-mail: comunicacao@saaeb.com.br

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
Jornal Folha Noroeste Lombarts Comunicação