Notícia

MSN

Covid-19: trabalho remoto na pandemia faz colaboração entre colegas cair

Publicado em 06 outubro 2021

Por Revista Pesquisa Fapesp* ed. 308 (outubro 2021)

A pandemia fez com que muitas empresas adotassem o regime de trabalho remoto. Agora, os pesquisadores estão tentando estimar os impactos dessa mudança na dinâmica de comunicação e colaboração dos funcionários.

Nos Estados Unidos, a equipe do cientista da computação Longqi Yang, do Departamento de Pesquisa Aplicada da Microsoft, analisou dados anônimos de e-mails, calendários, mensagens instantâneas e chamadas de áudio e vídeo de mais de 61 mil empregados da empresa nos seis primeiros meses de 2020 – antes e depois de a companhia ter adotado o trabalho remoto. Verificaram que a mudança fez com que as redes de colaboração dos funcionários se tornassem mais isoladas e menos interconectadas (Nature Human Behaviour, 9 de setembro).

Em média, eles gastaram 25% menos tempo colaborando com colegas de outros grupos em relação aos níveis observados antes da pandemia, possivelmente porque passaram a se falar mais por e-mail e plataformas de mensagens (sobretudo com indivíduos de seu círculo mais próximo), e menos em conversas presenciais, por telefone ou videoconferência.

* Este artigo foi republicado do site Revista Pesquisa Fapesp sob uma licença Creative Commons CC-BY-NC-ND. Leia o artigo original aqui.

 

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
Planeta online