Notícia

Front Saúde

Covid-19 afeta transplantados de forma desigual, indica estudo

Publicado em 20 setembro 2021

Um estudo do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo constatou que pessoas que passaram por um transplante de fígado e depois contraíram a covid-19 tiveram recuperação mais rápida e processo inflamatório muito menor do que os transplantados de coração ou rim.

Os pesquisadores analisaram a evolução da covid-19 em 39 receptores de órgãos. Desse total, 25 receberam transplante de rim, sete de coração e sete de fígado.

Os dados foram comparados com outros 25 pacientes com covid-19 não transplantados (grupo controle), pareados por idade e sem comorbidades.

Todos os participantes do estudo foram monitorados diariamente quanto a biomarcadores de infecção pelo SARS-CoV-2 para que a evolução da doença fosse acompanhada. Os voluntários foram divididos por órgão recebido, idade e tempo de transplante.

Fonte: Agência Fapesp