Notícia

Terra

Corpo de Crodowaldo Pavan será enterrado neste sábado

Publicado em 04 abril 2009

O corpo do biólogo e membro da Academia Paulista de Letras Crodowaldo Pavan será enterrado neste sábado, às 14h, no Cemitério Getsêmani, no Morumbi, em São Paulo (SP). Ele morreu na sexta-feira à tarde, aos 89 anos, no Hospital Universitário da Uiniversidade de São Paulo (USP), de falência múltipla de órgãos. O velório está sendo realizado no Anfiteatro Acadêmico do Instituto de Biociências da USP, na Cidade Universitária.

Pavan nasceu em Campinas (SP), no dia 1º de dezembro de 1919. Formado em biologia pela USP, especializou-se em genética. Fez carreira universitária no Instituto de Biociências, onde foi professor titular. Em 1964, fundou uma unidade de citogenética no laboratório nacional de Oak Ridge, em Tenessee, nos Estados Unidos. Em 1968, foi contratado como professor titular na Universidade do Texas, onde lecionou por sete anos.

Crodowaldo Pavan foi presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) de 1981 a 1986. Foi também diretor-presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) de 1981 a 1984. De 1986 a 1990, foi presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Seus trabalhos principais são sobre genética de população de drosophilas tropicais e citogenética de ciarídeos, um grupo de insetos encontrado no Brasil que ele descobriu. Estudos feitos com esses insetos trouxeram novos conhecimentos de citologia, genética e fisiologia cromossômica.