Notícia

GE Reports Brasil

Coração Made in Brazil

Publicado em 20 agosto 2013

Pesquisadores brasileiros deram uma boa notícia para a saúde do Brasil: Cientistas da USP e do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia concluíram, recentemente, o primeiro protótipo de coração artificial totalmente implantável. Isso quer dizer que o novo aparelho poderá ser implantado no corpo humano. Até agora, o Brasil já havia feito um coração artificial, só que este funciona na parte externa do corpo.

O novo aparelho não irá substituir o coração definitivamente. Ele auxiliará temporariamente no bombeamento de sangue para o corpo enquanto o paciente aguarda um órgão para transplante.

O novo coração ainda não foi testado em humanos. Os primeiros experimentos realizados com bezerros apresentaram bons resultados. “Em países desenvolvidos, já existem modelos de coração artificial totalmente implantáveis, mas o custo de importação é elevado – mais de R$ 200 mil por unidade – e poucos têm acesso. Nossa ideia é desenvolver uma versão nacional que custe em torno de R$ 10 mil”, contou José Roberto Cardoso, diretor da Escola Politécnica (Poli) da USP e coordenador da pesquisa, que foi financiada pela FAPESP.

O dispositivo será indicado para pacientes com insuficiência cardíaca, problema que afeta cerca de 6,5 milhões de pessoas no país , segundo dados da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC).

Nós torcemos para que esta pesquisa avance e que logo esteja beneficiando milhares de brasileiros. E se você quer saber um pouco mais sobre as soluções GE para ajudar a cuidar da saúde do nosso coração, acesse o site da GE Healthcare.

Nossa história de hoje teve como fonte o site da agência FAPESP.