Notícia

CliqueABC

Consórcio se aproxima das universidades da região e articula parcerias

Publicado em 30 abril 2019

Por CliqueABC

Da Redação – Com o objetivo de estreitar relações e articular parcerias que possam resultar em benefício direto à população, o Consórcio Intermunicipal Grande ABC realizou reuniões nesta semana com representantes de três grandes instituições de ensino universitário da região.

Na segunda-feira (22/4), o reitor da Universidade Federal do Grande ABC (UFABC), Dácio Matheus, esteve na sede do Consórcio ABC, em Santo André, se reuniu com o secretário-executivo, Edgard Brandão, e técnicos do órgão de planejamento regional. Matheus se colocou à disposição para auxiliar a entidade regional no desenvolvimento de políticas públicas para as sete cidades e, também estreitar o relacionamento entre a instituição de ensino e o órgão que representa as prefeituras da região.

Em março deste ano, na sequência das fortes chuvas que atingiram o ABC, a UFABC se disponibilizou em apoiar as ações que são desenvolvidas no Grupo de Trabalho (GT) Gestão de Riscos. Durante o encontro de segunda-feira, foram também discutidas possibilidades de iniciativas conjuntas com outros GTs do Consórcio ABC em áreas como Desenvolvimento Econômico, Resíduos Sólidos e Meio Ambiente.

Já na quarta-feira (24/4), o secretário-executivo do Consórcio ABC participou da apresentação da 7ª Carta de Conjuntura da Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS), documento que reúne 26 artigos e pesquisas técnicas relacionadas ao Grande ABC. Na ocasião, Brandão fez parte da mesa de debate e colocou a entidade regional à disposição para parcerias com a instituição de ensino.

“Podemos levar para debate nos GTs diversos temas abordados neste evento, como questões sobre economia, mobilidade urbana e vigilância sanitária. Os professores e pesquisadores da USCS estão convidados a fazerem apresentação desses dados aos técnicos do Consórcio ABC”, afirmou o secretário-executivo.

Na quinta-feira (25/4), Brandão se reuniu com pesquisadores do Instituto Mauá de Tecnologia. No encontro, foi debatida a possibilidade de assinatura de acordo de cooperação técnica com recursos provenientes da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

A ideia é fazer parceria para que o Consórcio ABC financie e utilize equipamentos que fazem a medição dos níveis dos rios e córregos da região e que foram desenvolvidos por alunos da faculdade. Como projeto piloto, a entidade regional deverá fazer uso, gratuitamente, de cinco desses equipamentos. Caso seja constatada eficiência do sistema e haja captação de verba junto ao programa estadual, o Consórcio poderá colaborar financeiramente para produção mais aparelhos, que deverão ser disponibilizados para as prefeituras da região e ao Centro de Gerenciamento de Emergência ABC (CGE ABC), que é mantido pela entidade regional.

Além do secretário-executivo do Consórcio, participaram da reunião o diretor do Centro de Pesquisas da universidade, José Roberto Augusto de Campos, o gerente de Manutenção e Serviços do instituto, Fábio Sampaio Bordin, o professor pesquisador Ari Nelson Rodrigues Costas, e os engenheiros Marckus Bass e Marcos Godinho.

“O Grande ABC possui corpo universitário de excelência e isso deve ser aproveitado pelo Consórcio. Já estamos em contato com outras universidades da região para que a gente possa também fazer parceria em estudos e pesquisas que possam beneficiar a região”, afirmou Brandão.

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
ABC do ABC Folha do ABC online