Notícia

TV TEM (São José do Rio Preto, SP)

Consórcio para a investigação tecnológica será lançado hoje

Publicado em 22 novembro 2006

 

Um consórcio de centros pesquisa que pretende avaliar o potencial social e de mercado de tecnologias inovadoras será apresentado hoje, às 10h, na USP (Universidade de São Paulo) de Bauru.
O PIT (Programa de Investigação Tecnológica) tem a meta de encontrar 120 novas tecnologias e depois intermediar o contato com empresas que tenham perfil e potencial para colocá-las em prática no mercado.
Além de pesquisadores de graduação ou pós da USP, o projeto é aberto para a Unesp (Universidade Estadual Paulista), Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) e Ipen (Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares). A Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) apóia o projeto.

Criação de empresas
O estagiário da Agência USP de Inovação do pólo Bauru e aluno de pós-graduação, Ricardo Pianta, 25 anos, conta que o PIT deve estimular também a criação de pequenas empresas. "Com uma análise criteriosa o PIT deve atrair também investimento privado para fechar o ciclo da inovação", diz.

Lançamento do PIT
Quando: Hoje às 10h
Onde: anfiteatro 5 do curso de odontologia da FOB - alameda Octávio Pinheiro Brisolla, 9-75
Preço: gratuito
Informações: (14) 3235-8303 e pianta@usp.br
Projeto quer mais patentes
Um dos principais objetivos do PIT é aumentar o número de patentes nas universidades.
Segundo dados de 2001 do INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial), apenas 0,2% dos 20 mil pedidos de patentes nacionais partiram de universidades e centros de pesquisa. A meta do PIT é a capacitação de 160 alunos em temas ligados à inovação e empreendedorismo e a investigação de 120 tecnologias, com foco em transferência de tecnologia e/ou criação de novos negócios.
O projeto tem duração prevista de 2 anos e também tem o apoio da Finep (Financiadora de Estudos e Projetos).

Como se inscrever
Pelo site
No site www.pit-sp.org.br é possível acessar um formulário de inscrição

Tecnologias selecionadas
O PIT já selecionou no Estado 12 tecnologias inovadoras, como nas áreas de química analítica, tratamentos e resíduos de efluentes, planejamento cirúrgico e processamento de alimentos e produtos agrícolas

Investigações
A investigação tecnológica será feita a partir das entrevistas com os pesquisadores, mapeamento do processo produtivo da tecnologia, crítica da tecnologia e análise do banco de patentes e mapeamento de tecnologias similares, além de estudos de mercado
Fonte: www.pit-sp.org.br