Notícia

Carbono Brasil

Consciência ecológica despertada

Publicado em 21 fevereiro 2008

A Livraria da Física, editora de livros didáticos sobre assuntos variados ligados às ciências, acaba de lançar duas publicações voltadas tanto para o ensino de questões ambientais como para a divulgação da ciência.

O primeiro, Construindo com PET: Como ensinar truques novos com garrafas velhas, traz um guia prático para explorar a criatividade com a reciclagem desse tipo de embalagem. Trata-se de um livro multidisciplinar que mostra técnicas e idéias do que fazer para reutilizar o material.

Os autores são Alfredo Luis Mateus, professor de Química no Colégio Técnico da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), e Marcos Giovanni Moreira, membro da Fundação Ciência Jovem, formada por professores da UFMG.

Eles descrevem projetos simples visando ao reaproveitamento das garrafas. Cada projeto contém instruções passo a passo, com instruções e fotografias, para a exploração de possibilidades como a construção de figuras geométricas, modelos de moléculas e brinquedos educativos, como o "Origami de PET", inspirado na arte centenária das dobraduras em papel.

Um dos desafios é a montagem de uma das estruturas mais importantes da história da ciência: a molécula de DNA. "Embora sua estrutura pareça muito complicada, na verdade a molécula responsável por carregar a informação genética para nossos descendentes contém poucas partes, que se repetem ao longo de sua cadeia. O DNA pode ser visto como uma longa escada", explicam os autores.

Nesse caso, para criar um modelo de adenina, guanina, citosina e timina, com as suas respectivas moléculas de açúcar e fosfato, são necessárias 344 garrafas e 55 copinhos de filme brancos, além de tubos plásticos flexíveis como conectores.

A outra publicação, nomeada Questões ambientais em tirinhas, do físico Francisco Caruso em parceria com a pedagoga Cristina Silveira, é um instrumento de trabalho para professores de ciências que desejam melhorar a qualidade das aulas e do aprendizado de seus alunos.

O livro é resultado de um projeto social, a Oficina de Educação através de Histórias em Quadrinhos e Tirinhas (Eduhq), realizado há seis anos com alunos da periferia do Rio de Janeiro, vinculados a escolas da rede pública. O objetivo da oficina, cuja sede fica na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), é promover o ensino das ciências por meio de procedimentos didáticos não-formais.

Segundo a editora, os quadrinhos abordam os mais variados impactos humanos sobre a natureza, sobre o ser humano e o que ainda há por vir em tempos de aquecimento global. A idéia é despertar a consciência ambiental de crianças e adolescentes por meio de linguagem descontraída e forte apelo visual.

A obra conta com 12 capítulos, que abordam os seguintes temas: água, atitude, desmatamento, efeito estufa, enchentes, equilíbrio ecológico, lixo, poluição, queimada, reciclagem, reflorestamento e saneamento.

Além da Uerj, a Eduhq tem parceria com o Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas, Universidade Federal Fluminense, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Universidade de Iguaçu e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Mais informações: Construindo com PET e Questões Ambientais em Tirinhas

Fonte: Agência Fapesp