Notícia

Diário de São Carlos

Congresso internacional discute intermidialidade no cinema brasileiro

Publicado em 08 novembro 2016

O objetivo é discutir a intermidialidade enquanto método historiográfico aplicado ao cinema brasileiro. “A exemplo de diversas outras cinematografias, o cinema brasileiro desde seu início combina tradições artísticas e culturais extra-fílmicas, tanto locais quanto importadas, que resultam em uma original combinação estética”, afirmam os pesquisadores do Cinemídia. Segundo eles, artistas e atores do teatro, ópera, dança, música, pintura, circo, rádio e televisão imprimiram marcas singulares na produção cinematográfica do País.

 

O congresso irá propor que esses encontros intermidiáticos implicam na quebra de fronteiras entre tradições locais e importadas, cultura erudita e popular, práticas de vanguarda e comerciais, recepção ativa e passiva, formas narrativas “clássicas” e “modernas”, constituindo assim um espaço democrático para a expressão artística e social. Além disso, o congresso irá propor que a intermidialiade enquanto método oferece a vantagem de uma abordagem não-linear e não-hierárquica da história do cinema.

 

O evento é uma ação do projeto “IntermIdia – Towards an Intemedial History of Brazilian Cinema: Exploring Intermediality as a Historiographic Method”, desenvolvido em parceria com a University of Reading, na Inglaterra, e com financiamento da Fapesp e The Arts and Humanities Research Council (AHRC).

 

 

Programação e inscrições

 

A chamada para submissão de trabalhos e as inscrições para ouvintes já foram encerrados.

A programação do Congresso enfoca todo o percurso temporal das atividades cinematográficas no Brasil, do período silencioso até a atualidade, destacando e comparando encontros intermidiáticos em diferentes momentos históricos e espaços geográficos, a fim de discutir o cinema em toda sua riqueza cultural e complexidade política.

 

A programação inclui discussões que relacionam a intermidialidade a temas como o teatro e o humor, as poéticas, a escrita do filme, crítica e teoria do cinema, estética e política(s). Entre os destaques da programação estão os palestrantes Ian Christie, da Birkbeck College, University of London, João Luiz Vieira, da Universidade Federal Fluminense, Lúcia Nagib, da University of Reading, e Martine Beugnet da Université Paris Diderot – Paris 7, na França. Confira a programação completa no site do Congresso, em https://intermidia2016.wordpress.com.

 

O apoio da Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pró-Reitoria de Pesquisa, do Programa de Pós-Graduação em Imagem e Som (PPGIS) e do Departamento de Artes e Comunicação (DAC), todos da UFSCar, além da Fapesp e AHR.

 

Mais informações sobre o Congresso estão no site https://intermidia2016.wordpress.com/programacao. Para saber mais sobre o Projeto IntermIdia, acesse www.reading.ac.uk/intermidia.