Notícia

A Hora do Ovo

Congresso da APA homenageia professores de destaque na avicultura brasileira

Publicado em 03 abril 2019

Pegos de surpresa durante a abertura do Congresso da APA 2019, no dia 26 de março, três professores renomados e muito queridos na avicultura brasileira subiram ao palco do evento para receber uma placa de prata como agradecimento pelos amplos e incomensuráveis serviços prestados à evolução da avicultura de postura do país. Um a um, a professora Masaio Mizuno Ishizuka, e os professores Otto Mack Junqueira e Benedito Lemos de Oliveira, receberam, emocionados, a homenagem da Associação Paulista de Avicultura que, através do Congresso da APA 2019, fez um agradecimento espeical aos três profissionais que ajudaram a impulsionar o segmento de ovos em suas diversas vertentes.

Os três representam, para o setor, a figura do docente que se dedicou à causa de uma avicultura forte e pronta a evoluir. Nesse sentido, segundo os organizadores, o objetivo ao homenageá-los é destacar a relevância dos avicultores e dos professores e pesquisadores no cenário avícola, contribuindo para a formação de várias gerações de profissionais, além de se dedicarem à obtenção de resultados positivos para a atividade, com seu trabalho nas universidades e nas consultorias a empresas da indústria avícola.

O professor Benedito Lemos, que também foi o presidente do Congresso da APA 2019, graduou-se em medicina veterinária pela Universidade Federal de Minas Gerais, em 1966. Conquiestou mestrado em Zootecnia pela mesma Universidade Federal de Minas Gerais, no ano de 1975. Foi professor visitante da Universidade Federal de Lavras (MG).

Atuou como diretor técnico do Aviário Santo Antônio durante muitos anos. Foi exatamente no campo que Benedito começou e de onde tirou a inspiração para iniciar na vida acadêmica, em Minas Gerais. Sempre trabalhou tendo a academia e o campo como atividades paralelas e conquistou resultados nas duas frentes de trabalho.

Também professora de destaque no cenário avícola brasileiro, a paulista Masaio Mizuno Ishizuka temperou com equilíbrio a vida acadêmica e o atendimento em campo, esse último tendo merecido ainda maior dedicação nos últimos anos, como consultora.

Masaio é graduada em medicina veterinária no ano de 1965 pela Universidade de São Paulo, a USP, tendo obtido doutorado pela mesma instituição em 1973. Na USP/SP também é professora titular. Integra o Comitê Estadual de Sanidade Avícola (COESA/SP), do qual é coordenadora, sendo referência em pesquisa no setor avícola. Na universidade, atuou como professora na graduação e pós-graduação em matérias de medicina veterinária preventiva e saúde animal, além de pesquisas científicas.

Atualmente é consultora em saúde animal.

Atuante tanto na academia como em campo, unindo pesquisa e mercado, o professor Otto Mack Junqueira (foto no destaque) é médico veterinário formado pela Faculdade de Ciências Médicas e Biológicas de Botucatu (SP), no ano de 1973. Tem mestrado em Zootecnia Concentração em Nutrição Animal pela Universidade Federal de Viçosa, título conquistado em 1976, e é Ph.D. em Animal Science - University of Florida, em 1982.

Professor titular da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnica da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Jaboticabal (SP), Otto Mack Junqueira tem um extenso currículo dedicado a várias instituições e entidades do setor de proteína animal. Foi Membro do Comitê de Assessoramento do CNPq. É membro da Diretoria do Colégio Brasileiro de Nutrição Animal (CBNA). É Assessor Científico da FAPESP desde 1997, Pesquisador do CNPq Nível 1B e Coordenador de Projeto PNPD/Capes. Foi Professor Titular da Universidade Estadual Paulista (UNESP/Jaboticabal), atualmente professor na Universidade Federal de Goiás (UFG), Campus de Jataí desde 2012.

Possui experiência em zootecnia, atuando em pesquisas e projetos ligados à nutrição de aves, tanto de corte quanto de postura, além de suínos.