Notícia

Jornal de Jundiaí online

Congresso com médico do Grendacc

Publicado em 11 agosto 2009

O gerente médico do Grendacc, professor-doutor Saulo Duarte Passos (pediatra e infectologista), embarca no próximo fim de semana para o Equador, onde participará do XIII Congresso Latinoamericano de Infectologia Pediátrica.

O médico, que também representa a Faculdade de Medicina de Jundiaí, será responsável pela apresentação do tema "Perfil Microbiótico de Pacientes Oncológicos Pediátricos com Neutropenia Febril". O trabalho será apresentado no dia 14 de agosto, das 8 às 18 horas, para discussão com especialistas da América Latina.

De acordo com Dr. Saulo, o desenvolvimento do estudo se deu por meio do serviço de infectologia pediátrica do Instituto de Clínicas Pediátricas Bolívar Risso (Hospital do Grendacc) e Faculdade de Medicina de Jundiaí. Também colaboraram o biomédico Daniel Thomé Catalan, a farmacêutica Annemeri Livinalli e as médicas Andréa Alencar Oliveira, Denise Tiemi Noguchi, Mônica Favoreto, Patrícia Brecht Esteves, Eliana Benites e Célia Martins Campanaro.

Saulo explica que o objetivo do trabalho é mostrar a importância da Neutropenia e o risco de infecções graves em pacientes pediátricos em uso de quimioterapia. "A morbi-mortalidade desses pacientes frente a episódios de febre sem foco definido é um desafio para os profissionais, pelo aumento da mortalidade. Nosso objetivo foi determinar o perfil microbiótico de tais pacientes, por meio de estudo de observação no período de janeiro de 2007 a dezembro de 2008", relata.

A principal observação da pesquisa foi o fato de que as bactérias foram as principais responsáveis, mas há um número elevado de casos sem determinação das causas, sendo que os vírus respiratórios podem ter um papel importante.

Na sexta-feira, Dr. Saulo apresentará o trabalho "Características Clínico-Epidemiológicas de Crianças com Infecção pelo Vírus Respiratório, Atendidas no Hospital Universitário". Além de Saulo, tal estudo também tem como autores Dra. Estela Rosa Gazeta (da Prefeitura de Jundiaí); Dra. Ana Paula Zanin Felgueiras (da Faculdade de Medicina); estudante Jôse Fabbi; Dr. Edison Durigon (virologista e professor titular da USP) e Grupo de Pesquisadores VGDN FAPESP - Instituto Adolpho Lutz.