Notícia

JC e-mail

Conferência visa expandir capacidade acadêmica e industrial na área de sistemas embarcados críticos

Publicado em 16 maio 2012

A Conferência Brasileira de Sistemas Embarcados Críticos (CBSEC) promovida, desde 2011 pelo Instituto Nacional de Sistemas Embarcados Críticos (INCT-SEC) e a Sociedade Brasileira de Computação (SBC) visa agregar habilidades e competências necessárias para o desenvolvimento de sistemas embarcados críticos.

O evento que neste ano será realizado de 21 a 25 de maio na Pontifícia Universidade Católica (PUC), em Campinas (SP), tem o objetivo de expandir as capacidades acadêmicas e industriais no ensino, treinamento, pesquisa e desenvolvimento nas áreas de veículos autônomos aéreo e terrestre através de apresentações e exposição.

Durante a semana serão reunidas e discutidas ferramentas científicas e tecnológicas, aplicações e metodologias com impacto social e econômico em áreas estratégicas como agricultura, segurança, defesa, automotivo, aviação, satélite e ambiente.

De acordo com o coordenador geral do evento e coordenador do INCT-SEC, professor José Carlos Maldonado, "haverá uma diversidade de atividades presentes em conferências mais tradicionais. Destaca-se a CES-School (Escola deSistemas Embarcados Críticos) que visa oferecer conceitos e temas básicos e avançados propiciando e motivando a formação e atualização profissional".

Dentre as novidades, em relação a CBSEC 2011, está o workshop de estudante conhecido como workshop de teses e dissertações, em que trabalhos de alunos são apresentados e discutidos, recebendo sugestões e críticas, e a trilha industrial que terá relatos de experiências da indústria.

"Temos muito interesse e o dever de aproximar o segmento industrial e o governo para discutir iniciativas e políticas de desenvolvimento, investimento e inovação em sistemas embarcados críticos", afirma Maldonado.

A conferência contará ainda com 18 trabalhos aceitos que serão apresentados no decorrer do evento, palestrantes internacionais como Neville Hogan do Massachusetts Institute of Technology (MIT), Söeren Kemmann, do IESE- Instituto Fraunhofer e o nacional Flávio Rech Wagner da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), painel para discussão da relação entre academia e empresa no âmbito de sistemas embarcados críticos e a feira de exposições em que parceiros e instituições envolvidas irão expor suas pesquisas e produtos.

"Recebemos o apoio da PUC-Campinas que cedeu suas instalações para a realização do evento na cidade que também é um pólo tecnológico além de oferecer facilidade de acesso", menciona Maldonado, que destaca a forte contribuição e participação do Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer (CTI) na organização local e geral da CBSEC 2012.

O evento tem o patrocínio das empresas AGX Tecnologia e Embraer e conta com o apoio das agências de fomento como a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e da Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Campinas.

Apoiam a conferência a Academia Brasileira de Ciências (ABC) e várias sociedades científicas como a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), o Centro Latinoamericano de Estudios en Informática (CLEI), a Sociedade Brasileira de Automática (Sba), a Sociedade Brasileira de Microeletrônica (SBMicro) e a Sociedade Brasileira de Pesquisa em Transporte Aéreo (SBTA), com publicação de anais pela IEEE/Computer Society's Conference Publishing Services.

Confira programação completa da CBSEC 2012 no link:

http://www.inct-sec.org/br/noticias/146-cbsec-2012-divulga-programacao.

(Ascom do INCT-SEC)