Notícia

Itu

Conferência sobre Nelson Werneck Sodré reúne bom público em Itu

Publicado em 14 abril 2011

Por por Renan Pereira

Secretário de Cultura, Jonas Soares de Souza, e a filha de Nelson, Olga Sodré, participaram do encontro e falaram sobre a vida do historiador

Em comemoração ao Centenário de "Nelson Werneck Sodré", o Museu Republicano Convenção de Itu recebeu uma conferência sobre o autor na quarta-feira (13 de abril). O evento contou com a participação dos professores Marcos Silva e Olga Frugoli Sodré - filha do historiador -, que explanaram detalhes sobre a obra de Sodré.

Durante o encontro, Olga contou um pouco sobre a vida de seu pai e de toda sua busca pela valorização da cultura nacional. "Sodré estudava a formação histórica do Brasil para entender a sociedade de sua época", comentou. O secretário de Cultura, Jonas Soares de Souza, também participou do encontro e relembrou momentos com o intelectual.

Marcos Silva, autor de um "dicionário crítico" do historiador e doutor e mestre em História Social, discorreu sobre fases da vida de Sodré, sobre as mudanças ocorridas em suas obras ao longo de sua vida, além da formação militar recebida por ele, o que contribuiu muito em seus trabalhos devido à grande formação humanística recebida na escola militar naquela época.

Secretário da Cultura, Jonas Soares de Sousa, relembra momento com Sodré e fala da sua "paixão" pelo marxismo

"O livro "Memórias de um Soldado", vai além da formação militar. Essa obra tem o espírito de busca que Sodré tinha dentro de si, pois mesmo sem formação universitária ele sabia que os livros eram feitos com estudos de documentos de época e grandes pesquisas com conclusões inteligentes", encerrou.

Homenagem

O eventou contou ainda com a participação do grupo "Ô de Casa", que fez uma homenagem à memória sempre renovada de Werneck por meio de canções e um poema. De acordo com o conjunto, o objetivo da apresentação foi reencontrar a beleza do pensamento e a capacidade de luta manifestada pelo autor. O espetáculo é uma homenagem às obras que enfocam as tradições culturais brasileiras.

Marcos Silva, doutor e mestre em História, explica a influência de Nelson Werneck Sodré nas universidades dos anos 70

Marcos Silva

É professor titular em Metodologia da História, doutor e mestre em História Social pela FFLCH/USP, com Pós-Doutorado na Université de Paris III. Foi bolsista da FAPESP, do CNPq, do CNRS, e da Biblioteca Nacional. Assessorou equipes de professores de história das Rede Estadual Paulista e Municipal Paulistana.

É autor das obras "Prazer e poder do Amigo da Onça" (Paz e Terra, 1989), "História - O prazer em Ensino e Pesquisa" (Brasiliense, 1995; reeditado em 2003) e "Dicionário Crítico Câmara Cascudo" (Perspectiva, 2003, relançado em 2006), dentre outros livros, além de artigos. É autor do projeto e coautor do texto final do "Atlas Histórico do Rio Grande do Norte" (Diário de Natal, 2006).

Olga Sodré

É filha da ituana Yolanda Frugoli Sodré e do militar, historiador e escritor Nelson Werneck Sodré. É doutora em Filosofia pela Universidade de Sorbonne (Paris, França) e Psicologia Clínica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Tem pós-doutorado em Filosofia pelo Instituto Católico de Paris e outro pós-doutorado no Instituto de Medicina Social da Universidade Estadual do Rio de Janeiro. Integra ainda o Grupo de Trabalho, Psicologia e Religião da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Psicologia (ANPEPP).