Notícia

Portal do Governo do Brasil

Conferência nos EUA avalia educação superior no Brasil

Publicado em 18 novembro 2011

O Centro de Estudos Brasileiros da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, está realizando, desde quinta-feira (17), uma conferência sobre o papel da educação superior na transformação do Brasil. O objetivo é avaliar o estado atual e as futuras direções das universidades e centros de pesquisa no País.

O encontro, que termina nesta sexta-feira (18), é fruto da parceria do centro com o Programa de Estudos Brasil no David Rockefeller Center for Latin American Studies da Universidade de Harvard e do Instituto Lemann de Estudos Brasileiros da Universidade de Illinois.

De acordo com os organizadores, o evento tem significativa importância devido ao progresso social e econômico alcançados pelo Brasil na última década.

A conferência reúne os principais especialistas brasileiros sobre o ensino superior, como representantes da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), além de representantes norte-americanos.

Canadá

Na terça-feira (15), o presidente da Capes, Jorge Guimarães, participou da cerimônia de assinatura do acordo de cooperação entre a Capes e quatro universidades canadenses: a Universidade Laval, Universidade de Otawa, Universidade de Alberta e Universidade de Dalhousie. As quatro instituições compõem um consórcio de nome Caldo. A cerimônia foi realizada na cidade de Otawa, capital do Canadá.

O presidente da Capes segue em missão no exterior para assinar acordos e promover o programa Ciência sem Fronteiras até o dia 24 de novembro. Estão previstas visitas à França, Alemanha e Itália.

Ciência sem Fronteiras

O programa Ciência sem Fronteiras é uma iniciativa do governo federal que busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade brasileira por meio do intercâmbio de alunos de graduação e pós-graduação e da mobilidade internacional. O projeto prevê a concessão de até 75 mil bolsas em quatro anos.

O programa é fruto de esforço do Ministério da Educação (MEC) e do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

Fonte:
Capes