Notícia

CEAP - Centro de Estudos em Artes Performativas

Conferência: “Memória, corpo e virtual”

Publicado em 10 janeiro 2018

Prof. Renato Ferracini
11 de Janeiro de 2018 (5ª feira): 18h-21h
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas –  Torre B – Auditório 3

Conferência seguida de debate. O corpo, como espacialização do aqui-agora, ou seja, do presente, mantém uma relação intrínseca com o tempo. Ele, em si, sendo “presente”, não pode nunca ser um passado, mas por outro lado assume, acumula esse passado nele mesmo, ou seja, no presente. Sendo assim, o corpo é uma presentificação, uma atualização do passado acumulado. Poderíamos dizer, paradoxalmente, que, no corpo, o passado é co-extensivo ao presente.

Em outras palavras: ao mesmo tempo em que o corpo é um todo “presente”, ele também é um passado vivido, que se torna presente, no corpo, a cada instante. O presente não é algo que passa para ser transformado em outro instante presente, mas o presente se acumula nesse passado e é levado ao futuro imediato juntamente com todo o passado anterior. Assim, paradoxalmente, o passado é co-extensivo ao presente e o presente é presente ao mesmo tempo em que é passado. O presente do corpo é um tempo virtual situado em algum ponto entre uma percepção de meu passado imediato e de meu futuro imediato, sendo que esse futuro imediato carregará toda a minha memória passada, refazendo-se a cada instante. A memória-corpo é uma dinâmica espiral in continuum.

Para o LUME é importante observar que o corpo acumula a memória numa relação dinâmica entre um estar-no-mundo adaptado e lembranças independentes de nossa percepção ativa do mundo, em outras palavras, esse acumulo ou duração é a própria CRIAÇÃO DE MEMÓRIA. Memória é criação.

Em outras palavras: o mundo se recria no corpo. É nesse corpo-acúmulo que as potências poéticas estão instaladas em potência. O corpo é uma potência poética virtual a ser explorada em seu limite para uma possível atualização espetacular, e esse é o trabalho de base de toda a história de pesquisa do LUME: ativar potências-memória no e do corpo em sua fronteira expressiva.

Entrada Gratuita

Biografia Renato Ferracini: Ator, Investigador, Professor. Doutorado (2004) em Multimeios pela UNICAMP – Universidade Estadual de Campinas. É ator-pesquisador e atualmente Coordenador do LUME – Núcleo interdisciplinar de Pesquisas Teatrais da UNICAMP onde atua teórica/praticamente em todas as linhas de pesquisa do núcleo desde o ano de 1993. É professor e orientador no Programa de Pós-Graduação em Artes da Cena – UNICAMP. Possui quatro livros publicados sendo o último “Ensaios de Atuação” (Perspectiva e FAPESP – 2013). É editor chefe da Revista ILINX (Revista do LUME) e possui artigos publicados nos principais periódicos de teatro. Apresentou espetáculos e ministrou workshops, palestras, debates, masterclasses, demonstrações técnicas e pesquisas de campo sobre suas pesquisas e o trabalho desenvolvido no LUME em muitas cidades do Brasil e em outros 22 países. Tem vindo a colaborar como Professor no Mestrado em Artes Cénicas da NOVA FCSH.

Mais informações aqui.