Notícia

Diário do Nordeste

Concorrência no etanol

Publicado em 08 dezembro 2006

O Brasil corre o risco de perder a liderança na tecnologia da produção do etanol e da geração de energia a partir de biomassa. O alerta é de Carlos Henrique Brito Cruz, diretor científico da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). Em palestra no I Seminário Inovação e Empresa, promovido pela Cámara Oficial Española de Comercio en Brasil, ele destacou que no Brasil as pesquisas nesse campo estão paradas, enquanto Estados Unidos, Japão e China estão avançando rapidamente no desenvolvimento da hidrólise enzimática — sistema que em princípio permite extrair da biomassa não só combustíveis líquidos (como álcool), mas também sucedâneos semelhantes aos derivados de petróleo.