Notícia

Aberje - Associação Brasileira de Comunicação Empresarial

Comunicação Popular Escrita é tema de exposição

Publicado em 06 maio 2009

Com o objetivo de reproduzir um pouco do contexto da obra Comunicação Popular Escrita, que reúne mais de 14 mil grafitos de 107 países em suas línguas de origem, o autor Américo Pellegrini Filho decidiu promover durante o lançamento do livro uma exposição de seu acervo pessoal, coletado ao longo de 20 anos de pesquisa. A mostra será acompanhada de atrações que ilustram a comunicação popular, como o homem do realejo, um pintor de frases de caminhão e recortes e escritos orientais. Editado com o selo da Edusp, o lançamento do livro com sessão de autógrafos acontece nessa quarta, dia 6 de maio, a partir das 19h00, na Fnac Pinheiros, localizada na Av. Pedroso de Moraes, 858 - 3ºandar - São Paulo-SP.

A obra é dividida em quatro capítulos, que tratam dos procedimentos metodológicos utilizados na pesquisa, dos critérios de classificação, da análise das classes e de considerações sobre línguas, símbolos, erros, inovações, humor e outros aspectos das mensagens populares. Na visão do prof. Américo, registrar e classificar manifestações escritas, analisá-las e compreendê-las na sua frequência e distribuição planetária contemporânea, aprender suas motivações e sentidos é entendê-las como modos válidos da criação e expressão humanas.

Junto do livro, um CD-Rom traz explicações complementares, levantamento bibliográfico, o acervo coletado em ilustrações, além do detalhamento das viagens, com suas  dificuldades. O trabalho teve apoios da Fapesp-Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, da Secretaria de Estado da Cultura através do seu Proac, da Fundação Nestlé do Brasil, da Pró-Reitoria de Cultura da USP e da ECA-USP.