Notícia

Valor Econômico

Computador quase "super" ganha espaço

Publicado em 07 janeiro 2011

Por Cibelle Bouças | De São Paulo
Com capacidade para realizar trilhões de cálculos por segundo - e a um custo proibitivo para a maioria das organizações -, os supercomputadores tornaram-se uma exclusividade de grandes empresas, governos e universidades de ponta. Mais recentemente, porém, a disseminação de programas de engenharia com efeitos 3D e de softwares sofisticados para edição de vídeo estimulou a criação de uma nova categoria de equipamentos, menos potentes, mais ainda muito acima da média. Para efeito de comparação, pense em Batman, em vez de Superman: [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.