Notícia

O Dia (RJ) online

Como ter uma hospedagem paga na Internet

Publicado em 02 março 2005

Por Rodrigo Cunha
É quase lugar-comum que toda empresa precisa de um espaço na Internet, um website. Mas para adquiri-lo existem duas formas: ou por um site gratuito ou hospedagem paga. A preferência das empresas é pela hospedagem paga.
Com fim da gratuidade do hpG e do kit.net, dois grandes ícones da história da Internet grátis, sobraram alguns outros serviços de hospedagem gratuita, mas não permitem a utilização de linguagem dinâmica, como a inclusão de fóruns, chat, plantão de notícias. Além disso, os endereços são complicados de decorar, portanto difíceis de serem encontrados pelos internautas.
A hospedagem paga é responsável pela maioria dos sites no Brasil. Ter um domínio "www.nomedosite.com.br" não sai por um preço alto, além de receber maior número de visitas.
Os preços variam. Existem empresas de hospedagem que fazer um bom serviço cobrando mensalmente de R$ 10 a R$ 30, de acordo com o orçamento disponível do interessado. Separadamente, a empresa paga também pelo domínio, que é cobrado anualmente.
No caso do Brasil, quem controla o cadastro de domínios ".br" é a Fundação de Apoio à Pesquisa de São Paulo (Fapesp), através do endereço "www.registro.br". Para se ter um domínio nacional, é necessário desembolsar R$ 30 por ano e ter CNPJ. No caso dos domínios internacionais, como "www.nomedosite.com" (sem o "br"), o preço dependerá da variação do dólar. Atualmente um domínio internacional sai em média de R$ 45.
Os preços da hospedagem variam conforme o total de benefícios dentro do pacote, como o espaço disponível, o limite do tráfego e a linguagem utilizada para a confecção das páginas. Recomenda-se a consulta com um profissional webmaster para descobrir qual é o plano que se encaixa com os interesses da empresa.
Para mais informações:
http://forum.blaz.com.br/showthread.php?t=3643
http://www.registro.br
http://www.100br.com
http://www.internic.net