Notícia

Biblioteca FSP/USP

Como estruturar seu trabalho acadêmico

Publicado em 13 janeiro 2021

Para estruturar seu trabalho acadêmico de forma padronizada, recomenda-se o uso da NBR 14724. A última edição é a de 2011, e nesta postagem iremos explicar cada uma das seções que compõe uma dissertação ou tese. Você pode utilizar essas instruções para o desenvolvimento dos trabalhos acadêmicos de disciplinas, realizando adaptações conforme necessário.

Essas instruções são voltadas para a comunidade acadêmica da Faculdade de Ciências e Letras de Assis. Caso você seja de outra instituição, verifique as regras vigentes da sua universidade ou faculdade.

Para informações sobre o acesso às normas da ABNT, veja: Normas técnicas.

Regras gerais

Formato

Cores: texto em cor preta, podendo utilizar outras cores somente para as ilustraçõesTipo de fonte: a norma não especifica o tipo de fonte. As mais utilizadas são: Arial, Times New Roman e CalibriFonte: tamanho 12 para todo o trabalho, inclusive capa, excetuando-se citações com mais de três linhas, notas de rodapé, paginação, ficha catalográfica, legendas e fontes das ilustrações e das tabelas, que devem ser em tamanho menor e uniforme.Tipo de papel: se impresso, utilizar papel branco ou reciclado, no formato A4 (21 cm × 29,7 cm). Os elementos pré-textuais devem iniciar no anverso (frente) da folha, com exceção da ficha catalográfica que deve vir no verso da folha de rosto. Quando for imprimir a versão definitiva, você pode optar por imprimir apenas na frente da folha ou optar pela impressão frente e verso. Neste último caso, observe as regras específicas para a margem e para a localização das páginasMargens: impressão apenas frente: esquerda e superior de 3 cm e direita e inferior de 2 cmimpressão frente e verso (alguns editores de texto permitem a opção “margem espelhada”: para o anverso: esquerda e superior de 3 cm e direita e inferior de 2 cmpara o verso, direita e superior de 3 cm e esquerda e inferior de 2 cm

Espaçamento

Texto, no geral: espaçamento 1,5 entre as linhasCitações de mais de três linhas, notas de rodapé, referências, legendas das ilustrações e das tabelas, natureza (tipo do trabalho, objetivo, nome da instituição a que é submetido e área de concentração): espaço simples

Paginação

Conte todas as folhas ou páginas a partir da folha de rosto. Observação: não conte a capa (falsa folha de rosto)! Coloque a numeração da página (em número arábicos, ou seja, 1, 2, 3, etc.) a partir da primeira folha ou página da parte textual, geralmente, a seção “Introdução”.

Para trabalhos que serão impressos apenas na frente da folha: a numeração deve figurar no canto superior direito da folha, a 2 cm da borda superior, ficando o último algarismo a 2 cm da borda direita da folhaPara trabalhos que serão impressos na frente e no verso da folha: a numeração das páginas deve ser colocada na frente da folha, no canto superior direito; e no verso, no canto superior esquerdo.

No caso de o trabalho ser constituído de mais de um volume, deve ser mantida uma única sequência de numeração das folhas ou páginas, do primeiro ao último volume.

Havendo apêndice e anexo, as suas folhas ou páginas devem ser numeradas de maneira contínua e sua paginação deve dar seguimento à do texto principal.

Estrutura do trabalho acadêmico

O trabalho acadêmico se divide em parte externa e interna. Na parte interna, o documento se organiza em 3 tipos de elementos: pré-textuais, textuais e pós-textuais.

Parte externaCapa (falsa folha de rosto)Lombada

Parte internaElementos pré-textuaisFolha de rosto (obrigatório)Errata (opcional)Folha de aprovação (obrigatório)Dedicatória (opcional)Agradecimentos (opcional)Epígrafe (opcional)Resumo na língua vernácula (obrigatório)Resumo em língua estrangeira (obrigatório)Lista de ilustrações (opcional)Lista de tabelas (opcional)Lista de abreviaturas e siglas (opcional)Lista de símbolos (opcional)Sumário (obrigatório)Elementos textuaisIntroduçãoDesenvolvimentoConclusãoElementos pós-textuaisReferências (obrigatório)Glossário (opcional)Apêndice (opcional)Anexo (opcional)Índice (opcional)

Figura 1 – Elementos pré-textuais (Dicas da Biblioteca de Maguinhos)

Fonte: @bibliotecademanguinhos

FIGURA 2 – ELEMENTOS TEXTUAIS (DICAS DA BIBLIOTECA DE MAGUINHOS)

Fonte: @bibliotecademanguinhos

FIGURA 3 – ELEMENTOS Pós-TEXTUAIS (DICAS DA BIBLIOTECA DE MAGUINHOS)

Fonte: @bibliotecademanguinhos

Capa

A capa é um elemento obrigatório, e suas informações são apresentadas na seguinte ordem:

nome da instituição (opcional);nome do autor;título: deve ser claro e preciso, identificando o seu conteúdo e possibilitando a indexação e recuperação da informação;subtítulo: se houver, deve ser precedido de dois pontos, evidenciando a sua subordinação ao título;número do volume: se houver mais de um, deve constar em cada capa a especificação do respectivo volume;local (cidade) da instituição onde deve ser apresentado;

NOTA No caso de cidades homônimas recomenda-se o acréscimo da sigla da unidade da federaçãoano de depósito (da entrega do exemplar final)

Figura 4 – Exemplo de capa (falsa folha de rosto)

Fonte: http://hdl.handle.net/11449/192731

Lombada

Este elemento está presente apenas no exemplar impresso, exigida apenas para o exemplar definitivo – encadernado em brochura.

A encadernação deve ser feita em papel percalux na cor preta, gravado em dourado (conforme modelo abaixo), tamanho A4.

Figura 5 – Exemplo de lombada (apenas para o exemplar físico definitivo)

Fonte: Modelo capa dura

Folha de rosto

A folha de rosto é um elemento obrigatório, e possui informações em ambos os lados da folha (verso e anverso).

Anverso da folha de rosto (frente)

Os elementos devem ser apresentados na seguinte ordem:

nome do autor;título;subtítulo, se houver;número do volume, se houver mais de um, deve constar em cada folha de rosto a especificação do respectivo volume;natureza: tipo do trabalho (tese, dissertação, trabalho de conclusão de curso e outros) e objetivo (aprovação em disciplina, grau pretendido e outros); nome da instituição a que é submetido; área de concentração;

NOTA Na folha de rosto, o tipo do trabalho, o objetivo, o nome da instituição e a área de concentração devem ser alinhados do meio da mancha gráfica para a margem direitanome do orientador e, se houver, do coorientador;dados de bolsa de pesquisa (obrigatório para bolsistas);local (cidade) da instituição onde deve ser apresentado;ano de depósito (da entrega do exemplar final)

Figura 6 – exemplo de texto da natureza do trabalho e informações sobre bolsa de pesquisa

Fonte: Tutorial para confecção dos exemplares

Figura 7 – Exemplo de anverso da folha de rosto

Fonte: http://hdl.handle.net/11449/157343

Verso da folha de rosto (trás)

A ficha catalográfica é um elemento obrigatório, ela deve estar de acordo com as Normas de Catalogação AACR2 e ser impressa no verso da folha de rosto. No arquivo digital, ela fica logo após o anverso da folha de rosto.

Para elaboração da ficha catalográfica, preencha o formulário de solicitação (é necessário estar logado em uma conta Gmail pessoal ou no seu email institucional): Solicitação de Ficha Catalográfica para Teses e Dissertações.

Figura 8 – exemplo de ficha catalográfica

Fonte: http://hdl.handle.net/11449/193986

Errata

A errata é um elemento opcional, e deve ser elaborada quando for verificado um erro. Ela deve ser inserida logo após a folha de rosto, constituída pela referência do trabalho e pelo texto da errata. Apresentada em papel avulso ou encartado, acrescida ao trabalho depois de impresso.

O título “Errata” deve estar centralizado e deve ter o mesmo destaque tipográfico dos capítulos principais do seu trabalho. Por exemplo: se o seu capítulo 1 está grafado com letras maiúsculas e negrito, o título desta seção deverá ser ERRATA.

Caso você observe a necessidade de se incluir uma errata, entre em contato com a Seção de Pós-Graduação.

Figura 9 – exemplo de errata

Fonte: NBR 14724:2011

Folha de aprovação

A folha de aprovação é um elemento obrigatório e deve ser inserida logo após a ficha catalográfica. No dia da defesa, você receberá a Folha de Aprovação / Certificado de Aprovação anexa ao “kit aluno”. Caso a banca examinadora sugira a alteração do título do trabalho, entre em contato com a Seção Técnica de Pós-graduação o mais breve possível para confecção da nova folha.

Figura 10 – Exemplo de folha de aprovação

Fonte: http://hdl.handle.net/11449/193591

Dedicatória

A dedicatória é um elemento opcional e deve ser inserida após a folha de aprovação. Essa página não tem um indicativo de seção (título).

Figura 11 – Exemplo de dedicatória

Fonte: http://hdl.handle.net/11449/193593>

Agradecimentos

Os agradecimentos é um elemento opcional e deve ser inserida após a folha de aprovação. Para discentes que receberam bolsa de pesquisa, no entanto, este elemento é obrigatório e deve mencionar agradecimentos à agência de fomento.

O título “Agradecimentos” deve estar centralizado e deve ter o mesmo destaque tipográfico dos capítulos principais do seu trabalho. Por exemplo: se o seu capítulo 1 está grafado com letras maiúsculas e negrito, o título desta seção deverá ser AGRADECIMENTOS.

Bolsista da FAPESP

À FAPESP, processo nº 2019/xxxxx-x, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP).

Bolsista da CAPES

O presente trabalho foi realizado com apoio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – Brasil (CAPES) – Código de Financiamento 001.

Figura 12 – Exemplo de agradecimentos

Fonte: http://hdl.handle.net/11449/191744

Epígrafe

A epígrafe é um elemento opcional e deve ser elaborada conforme a NBR 10520. Deve ser inserida após os agradecimentos. Essa página não tem um indicativo de seção (título).

Podem também constar epígrafes nas folhas ou páginas de abertura das seções primárias.

Resumo na língua vernácula

O resumo na língua vernácula, ou resumo em língua portuguesa, é um elemento obrigatório e deve ser elaborado conforme a NBR 6028.

O título “Resumo” deve estar centralizado e deve ter o mesmo destaque tipográfico dos capítulos principais do seu trabalho. Por exemplo: se o seu capítulo 1 está grafado com letras maiúsculas e negrito, o título desta seção deverá ser RESUMO.

Embora, muitos trabalhos coloquem uma referência acima do título “Resumo” ou “Abstract”, para os trabalhos acadêmicos não há essa necessidade. Segundo a regra 3.2, o resumo deve ser precedido da referência do documento, com exceção do resumo inserido no próprio documento.

Composição do resumo: sequência de frases concisas, afirmativas e não de enumeração de tópicos. Recomenda-se o uso de parágrafo único. A primeira frase deve ser significativa, explicando o tema principal do documento. A seguir, deve-se indicar a informação sobre a categoria do tratamento (memória, estudo de caso, análise da situação etc.)Estilo: deve-se usar o verbo na voz ativa e na terceira pessoa do singularExtensão: de 150 a 500 palavrasPalavras-chave: as palavras-chave devem figurar logo abaixo do resumo, antecedidas da expressão Palavras-chave:, separadas entre si por ponto e finalizadas também por pontoEvite: símbolos e contrações que não sejam de uso corrente;fórmulas, equações, diagramas etc., que não sejam absolutamente necessários; quando seu emprego for imprescindível, defini-los na primeira vez que aparecerem.

Resumo em língua estrangeira

O resumo em língua estrangeira é um elemento obrigatório e deve ser elaborado conforme a NBR 6028. Recomenda-se utilizar a língua inglesa devido ao seu alcance global, mas pode ser elaborado nos mais diversos idiomas. Para a escolha do idioma a ser traduzido, imagine a quem vai interessar a leitura do seu trabalho. Por exemplo, seu trabalho utilizou várias fontes e textos em língua francesa e seu objeto de estudo está relacionado a esse idioma, convém ter um resumo em francês.

O título deve estar centralizado e deve ter o mesmo destaque tipográfico dos capítulos principais do seu trabalho, observando o idioma escolhido para essa seção. Por exemplo: se o seu capítulo 1 está grafado com letras maiúsculas e negrito, e o seu resumo em língua estrangeira for inglês, o título desta seção deverá ser ABSTRACT.

Lista de ilustrações

A lista de ilustrações é um elemento opcional. Elaborada de acordo com a ordem apresentada no texto, com cada item designado por seu nome específico, travessão, título e respectivo número da folha ou página. Quando necessário, recomenda-se a elaboração de lista própria para cada tipo de ilustração (desenhos, esquemas, fluxogramas, fotografias, gráficos, mapas, organogramas, plantas, quadros, retratos e outras).

O título deve estar centralizado e deve ter o mesmo destaque tipográfico dos capítulos principais do seu trabalho. Por exemplo: se o seu capítulo 1 está grafado com letras maiúsculas e negrito, o título desta seção se refere a uma lista de mapas, o título deverá ser LISTA DE MAPAS.

Figura 13 – exemplo de lista de ilustrações

Fonte: http://hdl.handle.net/11449/93654

Lista de tabelas

A lista de tabela é um elemento opcional. Elaborada de acordo com a ordem apresentada no texto, com cada item designado por seu nome específico, acompanhado do respectivo número da folha ou página.

O título deve estar centralizado e deve ter o mesmo destaque tipográfico dos capítulos principais do seu trabalho. Por exemplo: se o seu capítulo 1 está grafado com letras maiúsculas e negrito, o título desta seção deverá ser LISTA DE TABELAS.

Lista de abreviaturas e siglas

A lista de abreviaturas e siglas é um elemento opcional. Consiste na relação alfabética das abreviaturas e siglas utilizadas no texto, seguidas das palavras ou expressões correspondentes grafadas por extenso. Recomenda-se a elaboração de lista própria para cada tipo.

O título deve estar centralizado e deve ter o mesmo destaque tipográfico dos capítulos principais do seu trabalho. Por exemplo: se o seu capítulo 1 está grafado com letras maiúsculas e negrito, o título desta seção deverá ser LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS.

Figura 14 – Exemplo de LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS

Fonte: http://hdl.handle.net/11449/183428

Lista de símbolos

A lista de símbolos é um elemento opcional. Elaborada de acordo com a ordem apresentada no texto, com o devido significado.

O título deve estar centralizado e deve ter o mesmo destaque tipográfico dos capítulos principais do seu trabalho. Por exemplo: se o seu capítulo 1 está grafado com letras maiúsculas e negrito, o título desta seção deverá ser LISTA DE SÍMBOLOS.

Sumário

O sumário é um elemento obrigatório e deve ser elaborado conforme a NBR 6027. Não confunda com índice!!!

O título deve estar centralizado e deve ter o mesmo destaque tipográfico dos capítulos principais do seu trabalho. Por exemplo: se o seu capítulo 1 está grafado com letras maíusculas e negrito, o título desta seção deverá ser SUMÁRIO.

O sumário deve conter os títulos dos capítulos, conforme aparecem na parte textual e devem ser alinhados à esquerda, conforme a NBR 6024. A paginação deve ser apresentada à margem direita, indicando a primeira página do capítulo.

Recomenda-se que a subordinação dos itens do sumário seja destacada com a mesma apresentação tipográfica utilizada nas seções do documento.

Figura 15 – Exemplo de sumário

Fonte: http://hdl.handle.net/11449/202190

Elementos textuais (introdução, desenvolvimento e conclusão)

O texto é composto de uma parte introdutória, que apresenta os objetivos do trabalho e as razões de sua elaboração; o desenvolvimento, que detalha a pesquisa ou estudo realizado; e uma parte conclusiva.

Sobre numeração e títulos dos capítulos

Apenas os capítulos da parte textual deverão ser numerados, incluindo Introdução e ConclusãoOs títulos dos capítulos principais devem começar em página ímpar (anverso), na parte superior da mancha gráfica e ser separados do texto que os sucede por um espaço entre as linhas de 1,5. Da mesma forma, os títulos dos subcapítulos devem ser separados do texto que os precede e que os sucede por um espaço entre as linhas de 1,5. Títulos que ocupem mais de uma linha devem ser, a partir da segunda linha, alinhados abaixo da primeira letra da primeira palavra do título.O título deve ser colocado após a numeração do capítulo (em números arábicos), separado por um espaço e alinhado à margem esquerda

NOTA Ponto, hífen, travessão, parênteses ou qualquer sinal não podem ser utilizados entre o indicativo da seção e seu título;Os títulos dos capítulos devem ser destacados tipograficamente, de forma hierárquica, da primária à quinária. Podem ser utilizados os recursos gráficos de maiúscula, negrito, itálico ou sublinhado e outrosO indicativo de uma seção secundária é constituído pelo número da seção primária a que pertence, seguido do número que lhe for atribuído na sequência do assunto e separado por ponto. Repete-se o mesmo processo em relação às demais seções (exemplo: 1.1, 1.2, 1.3)

Notas de rodapé

As notas devem ser digitadas dentro das margens, ficando separadas do texto por um espaço simples de entre as linhas e por filete de 5 cm, a partir da margem esquerda. Devem ser alinhadas, a partir da segunda linha da mesma nota, abaixo da primeira letra da primeira palavra, de forma a destacar o expoente, sem espaço entre elas e com fonte menor.

Citações

As citações devem ser apresentadas conforme a NBR 10520, e falaremos dela em uma postagem específica.

Siglas

A sigla, quando mencionada pela primeira vez no texto, deve ser indicada entre parênteses, precedida do nome completo.

Equações e fórmulas

Para facilitar a leitura, devem ser destacadas no texto e, se necessário, numeradas com algarismos arábicos entre parênteses, alinhados à direita. Na sequência normal do texto, é permitido o uso de uma entrelinha maior que comporte seus elementos (expoentes, índices, entre outros).

Figura 16 – exemplo de equações e fórmulas

Fonte: NBR 14724:2011

Ilustrações

Qualquer que seja o tipo de ilustração, sua identificação aparece na parte superior, precedida da palavra designativa (desenho, esquema, fluxograma, fotografia, gráfico, mapa, organograma, planta, quadro, retrato, figura, imagem, entre outros), seguida de seu número de ordem de ocorrência no texto, em algarismos arábicos, travessão e do respectivo título. Após a ilustração, na parte inferior, indicar a fonte consultada (elemento obrigatório, mesmo que seja produção do próprio autor), legenda, notas e outras informações necessárias à sua compreensão (se houver). A ilustração deve ser citada no texto e inserida o mais próximo possível do trecho a que se refere.

Figura 17 – exemplo de ilustração

Fonte: http://hdl.handle.net/11449/194258

Tabelas

Devem ser citadas no texto, inseridas o mais próximo possível do trecho a que se referem e padronizadas conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Referências

As referências são elementos obrigatórios e seguem a NBR 6023. Por ser uma norma extensa, iremos trazer apenas as regra gerais de apresentação da listagem das referências utilizadas no trabalho científico.

O título deve estar centralizado e deve ter o mesmo destaque tipográfico dos capítulos principais do seu trabalho. Por exemplo: se o seu capítulo 1 está grafado com letras maiúsculas e negrito, o título desta seção deverá ser REFERÊNCIAS.

As referências devem ser elaboradas em espaço simples, alinhadas à margem esquerda do texto e separadas entre si por uma linha em branco de espaço simples. Devem ser organizadas em ordem alfabética. Quando aparecerem em notas de rodapé, devem ser alinhadas à margem esquerda do texto e, a partir da segunda linha da mesma referência, abaixo da primeira letra da primeira palavra, de forma a destacar o expoente e sem espaço entre elas.

Apêndice

O apêndice é um elemento opcional e se constitui de um texto ou documento elaborado pelo autor, a fim de complementar sua argumentação, sem prejuízo da unidade nuclear do trabalho. Havendo apêndice, as suas folhas ou páginas devem ser numeradas de maneira contínua e sua paginação deve dar seguimento à do texto principal.

O título deve estar centralizado e deve ter o mesmo destaque tipográfico dos capítulos principais do seu trabalho, identificado por letras maiúsculas consecutivas, travessão e pelo respectivo título.

Exemplo: APÊNDICE A – Avaliação numérica de células inflamatórias

Anexo

O anexo é um elemento opcional e se constitui de um texto ou documento não elaborado pelo autor, que serve de fundamentação, comprovação e ilustração. Havendo anexo, as suas folhas ou páginas devem ser numeradas de maneira contínua e sua paginação deve dar seguimento à do texto principal.

O título deve estar centralizado e deve ter o mesmo destaque tipográfico dos capítulos principais do seu trabalho, identificado por letras maiúsculas consecutivas, travessão e pelo respectivo título.

Exemplo: ANEXO A – Representação gráfica de contagem de células inflamatórias presentes nas caudas em regeneração – Grupo de controle I (Temperatura…)

Para dúvidas, entre em contato conosco!