Notícia

O Tempo

Como conseguir bolsas para estudar no exterior

Publicado em 18 março 2002

Por LUCIANA RICCÓ
Optar por uma educação internacional pode ser uma oportunidade de conhecer novas culturas, costumes e idéias. Se há vontade de sobra só que lhe falta dinheiro, saiba que existem programas de bolsa de estudos e ajuda financeira para os quais você pode recorrer. Há diversos tipos de bolsas disponíveis, desde curso de línguas até pós-doutorado. A maioria, no entanto, é oferecida para quem já terminou a graduação. A explicação da maioria das organizações é que o incentivo visa aprimorar os conhecimentos de profissionais ou professores para que esses voltem ao País e divulguem o aprendizado adquirido lá fora. EXIGÊNCIAS Os requisitos variam de acordo com a área de atuação e o programa escolhido. Grande parte das universidades exige, porém, que o interessado já tenha alcançado um certo grau de proficiência em inglês e outro idioma, de acordo com o país em que deseja estudar. O conhecimento será testado por meio de entrevistas pessoais e a apresentação de certificados. Um bom histórico escolar, qualificação acadêmica, e plano de trabalho específico, também são solicitados. BOLSAS Quem deseja obter ajuda financeira, deve se candidatar pelo menos um ano antes do início do curso desejado. As bolsas podem ser integrais ou parciais. No primeiro caso. o valor concedido é suficiente para o interessado arcar com a anualidade da universidade de destino, com passagem de ida e volta, seguro-saúde, manutenção e aquisição de livros. No segundo, a bolsa não paga a anualidade, apenas os outros custos envolvidos na viagem. Resta ao candidato encontrar uma instituição que cubra esse valor, do contrário o estudante terá que arcar com a quantia, ou desistir de embarcar. CAPES O Ministério da Educação (MEC) mantém mais de I400 bolsistas no exterior por meio da Coordenação de Aperfeiçoamento Pessoal de Nível Superior (Capes). Todo ano são oferecidas bolsas de doutorado (em universidades de diversos países) e doutorado-sanduíche (estágio de até 12 meses como parte integrante do projeto de formação no Brasil). Áreas: diversas Parcerias: Alemanha (DAAD. HumboWt); Estados Unidos (Fulbright); Ministério da Educação e Cultura da Argentina; entre outras, Requisitos: doutorado-sanduíche (direcionadas para alunos matriculados no Brasilco notas igual ou superior a 3). Benefícios: depende de cada programa. Inscrição: a solicitação (deste ano) de bolsas para o exterior expira em 31 de março. Informações: www.capes.gov.br CNPQ As bolsas do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ) são direcionadas para doutorado e pós-doutorado. Não adianta tentar subsídio para cursar graduação, mestrado ou MBA. Áreas: restritas ás que o CNPQ considere carente no Brasil ou altamente especializada em um país. Parcerias: com organizações de diversos países (Alemanha, Itália, França, China, Japão, México, entre outros). O Requisitos e inscrições: É preciso ficar atento aos editais, que definem as regras de concessão das bolsas. Informações: telefone 0800-619697- site www.cnpq.br FAPESP O Programa da Fundação de Amparo á Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) concede auxílio para a realização de atividades de pesquisa no exterior apenas para pós-doutorado. apesar de manter no Brasil bolsas de estudo que vão de iniciação científica a pós-doutorado. Áreas: diversas (mais voltado para pesquisas tecnológicas e médicas) Parcerias: com instituições de diversos países (Alemanha, Cuba, Estados Unidos, França, Reino Unido, Canadá e Portugal). Informações: telefone (11) 3838-4000 - site www.fapoesp.br FUNDAÇÃO Uma organização não-governamental (ONG) que financia graduação e pós-graduação no Brasil, Europa e Estados Unidos. Áreas: administração e economia. Requisitos: é preciso se comprometer a doar mensalmente, quando voltar, 10% dos seus vencimentos brutos (incluindo bônus e bonificações) até que chegue ao valor recebido (bolsa), corrigido monetariamente. Não há cobrança de juros e de quaisquer outras taxas. Inscrições e Informações: www.estudar.org.br ROTARY CLUB Ele oferece bolsas de mestrado, aperfeiçoamento profissional e cultural em mais de 53 países. Áreas: diversas Benefícios: gastos de passagem de ida e volta, mensalidade da instituição de ensino, moradia, alimentação, materiais de estudos. Informações: www.rotary.org.br INSTITUTO LING Púbico ativo: profissionais em início de carreira Q Requisitos: ser cidadão brasileiro, ter sido aceito em uma escola internacional de administração de negócios de primeira linha, demonstrar necessidade de recursos, entrevista com a Diretoria do Instituto, excelência acadêmica. Benefícios: bolsas parciais reembolsáveis para programas de MBA em tempo integral no exterior. Informações: www.institutoling.org.br DAAD Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico Programa de bolsas de graduação, pós-graduação, doutorado e pós-doutorado para estudos na Alemanha. Possui também parceria com a Fapesp - para bolsa de participação em projetos de pesquisa. Áreas: ciências, médica, engenharia, agronomia, tecnologia, entre outros. Informações e inscrições: telefone(21)2553 3296 — site www.daad.de/rio BRITISH COUNCIL Áreas: bolsas para mestrado em diversas áreas para estudos no Reino Unido. Requisitos: possuir diploma universitário, experiência na área e domínio da língua inglesa (exame IELTS). Benefícios: pagamento das taxas do curso, auxílio manutenção, auxílio para livros. Inscrições: anualmente, de maio a julho. Informações: telefone (11) 3038.6950 — site www.britishcouncil.org/brazil COMISSÃO FULBRIGHT Auxílios: vários programas de bolsas para estudar nos Estados Unidos. Requisitos: ex: bolsa Hubert Humphrey (administração, jornalismo, economia, finanças, política, etc) ter pelo menos cinco anos de experiência profissional. Informações: Telefone (61) 364.1863 — site www.info.Incc.br/Fulbright CÂMARA AMERICANA DE COMÉRCIO Mestrado em diversas áreas nos Estados Unidos. Áreas: economia, finanças, administração, entre outras. Requisitos: a seleção se dá com base na área de estudo pretendida, habilidades na língua inglesa, qualificações acadêmicas e profissionais e maturidade pessoal. Informações: www.amcham.com.br GOVERNO HOLANDÊS Os programas concedem bolsas para pós-graduação e/ou mestrado. Requisitos: pós-graduação (com mais de dois anos de formado) - ter até 40 anos (mulheres até 45). trabalhar na área em que deseja a bolsa e possuir certificado de fluência em inglês; 2) pós-graduação (até dois anos de formado) - o candidato deve ter de 21 a 30 anos, estar pleiteando uma vaga em universidade holandesa. Inscrições: até 01/05 de cada ano Informações: telefone (61) 321-4769 -site www.embaixadaholanda.org.br