Notícia

Lavoura10

Como administrar uma propriedade rural com tecnologia

Publicado em 21 setembro 2018

Como administrar uma propriedade rural com tecnologia: opções de internet no campo, soluções digitais e outras informações para administrar sua fazenda de uma maneira ainda melhor.

Nas últimas décadas, o Brasil superou países como Austrália e Canadá para se posicionar como o terceiro maior exportador agrícola do planeta.

Para isso se tornar realidade, os agricultores investem em tecnologia há décadas.

Piloto automático, aplicações de taxa variável, biotecnologia e outras inovações foram rapidamente adotadas por proprietários rurais de todos os tamanhos.

Mas no contexto da administração rural, essa tecnologia parece que demora a chegar.

Neste artigo desmistificamos o conceito de administração rural com tecnologia e mostramos como você pode começá-la hoje.

Ainda falamos sobre novas soluções que podem te ajudar com isso. Veja a seguir:

A propriedade rural e as soluções digitais

Há alguns anos as ferramentas (soluções) digitais não podiam acrescentar tanto valor para fazendas, já que não tínhamos 4 fatores fundamentais para tanto:

Smartphones, dispositivos móveis tão eficientes quanto computadores.; Redes de telefonia móvel, que permitem o acesso ao software de qualquer lugar da fazenda; Internet de banda larga, que possibilita que qualquer computador no escritório acesse aplicativos em nuvem, sem precisar instalar nada; Máquinas conectadas, que permitem que dados sejam enviados e recebidos por colhedoras, tratores, pivôs de irrigação, etc.

Você pode reparar que foram exatamente esses 4 fatores que se tornaram mais presentes nas fazendas.

Dessa forma, este é um bom momento para estudar novos produtos.

Assim, reflita sobre como programas e aplicativos se encaixam na administração da propriedade rural.

A seguir, você confere os principais pontos para compreender e estudar melhor essas possibilidades:

Mas vale a pena investir em tecnologia no campo?

O agronegócio atualmente sustenta a economia do país, representando 44,1% das exportações brasileiras, somando U$96 bilhões de reais em 2017.

Podemos ver essa força do agro claramente no PIB brasileiro, já que em 2018 o agronegócio deva representar crescimento de cerca de 3%, frente a 1,5% do PIB nacional.

Nesse cenário, conseguimos avaliar que o campo não é somente um ótimo lugar para se fazer investimentos, mas o melhor lugar.

Mas dentre esses investimentos, a tecnologia compensa?

A resposta dessa pergunta não é tão simples.

Lembre-se que a tecnologia já está no campo: sementes transgênicas, piloto automático e outros.

Ou seja, estamos sofrendo progressivamente uma profunda evolução de ferramentas e práticas para aumentar a qualidade e quantidade de sua produção agrícola.

No entanto, temos uma concorrência subsidiada quase desleal e mercados complexos.

Isso, juntamente com falta de infraestrutura e de apoio, torna o ambiente cada vez mais complicado.

Cabe a você estudar sua propriedade e verificar qual tecnologia digital vale mais a pena para aumentar sua competitividade: irrigação de precisão, drones, sensores, etc.

Seja qual for a sua escolha, de todas as formas você deverá controlar seus custos, saber sua rentabilidade real, ter o controle de estoque e outros.

Por isso, pense melhor em como administrar uma propriedade rural e sobre ferramentas que podem te ajudar para tornar esse trabalho mais fácil e assertivo.

Sou pequeno ou médio produtor: Como administrar uma propriedade rural com tecnologia?

Embora muitos acreditem no contrário, a adoção de tecnologias digitais está muito mais ligada a maturidade do negócio do que os números de hectares.

Há grandes negócios agrícolas de 30 hectares totalmente digitalizados, e há fazendas de 13 000 hectares ainda sendo geridas em planilhas eletrônicas.

Não é coincidência que há pequenas propriedades muito mais rentáveis do que fazendas gigantescas.

Para você tomar uma escolha mais consciente sobre essas tecnologias, conheça os cinco tipos principais de softwares para a propriedade rural:

1. Gestão

Suporta operações diárias, planejamento de safra e registro de atividades, monitoramento da equipe, otimiza a rentabilidade, gerencia os estoques e ajuda na administração rural. O Aegro se encaixa nessa categoria.

2. Agronomia

Os mais conhecidos são softwares de agricultura de precisão, os quais criam ou importam mapas de variabilidade, trazendo prescrições de fertilizantes e defensivos a taxa variável e outros. A InCeres é um exemplo dessas soluções.

3. Maquinário

Envia dados para as máquinas e monitora o desempenho do equipamento, controla a orientação geoespacial e o piloto automático. Exemplo disso é Climate Field View, o qual a Aegro é parceira.

4. Contabilidade

Soluções que gerenciam e pagam contas, preparam demonstrações financeiras e pagamento de impostos.

5. Recursos Humanos

Facilita os pagamentos de funcionários, a contabilização de horas trabalhadas, questões trabalhistas e outros.

No meio rural podemos encontrar programas que lidam com todos essas questões ao mesmo tempo. O problema é que esse tipo de software acaba ficando complexo e difícil de utilizar.

Ao passo que, se torna inviável o investimento e a disciplina para utilizar uma série de programas diferentes de computador.

A solução, como sempre, está no equilíbrio: encontrar as soluções que neste momento se encaixam na sua fazenda e que consigam entregar exatamente o que você precisa.

Aqui no blog Lavoura 10, por exemplo, temos diversos casos de grandes e pequenos produtores que estão obtendo sucesso com o Aegro.

O Vitor Fernando Von Markus Mühlen, por exemplo, é um produtor rural de Minas Gerais, que com a gestão de fazenda no Aegro conseguiu negociar “como produtor grande” e ainda ter total controle de seus 76 hectares.

Já João Carlos conseguiu, através do software agrícola, a segurança na venda da sua produção agrícola. Nas palavras dele:

“Tem gente que faz o contrato como segurança, mas com o AEGRO eu vejo o custo de produção por talhão e consigo saber ao certo se estou ganhando ou perdendo ao fazer o contrato: eu sei se o contrato paga ou não o custo da saca.”

Como você pode ver, um sistema facilitado e muito mais automatizado te auxilia em como administrar uma propriedade rural. E isso traz resultados incríveis!

Mas ainda podem restar algumas dúvidas, especialmente sobre o uso dessas ferramentas e a internet no campo. É sobre isso que veremos a seguir:

Como administrar uma propriedade rural com tecnologia (agricultura digital) se não tenho internet?

Nas últimas décadas a internet banda larga via satélite foi levada para a área rural do Brasil. Mas não em toda ela: dos 5,6 mil municípios brasileiros, 4 mil têm rede banda larga.

Desse modo, em regiões agrícolas não há cobertura de internet, deixando produtores sem muitas alternativas quanto à soluções para o campo.

Assim, você tem duas alternativas: procurar uma solução que se adeque às suas condições ou procurar outra forma de acesso à internet ou procurar.

Você pode pensar que tem ainda uma terceira opção, a de continuar exatamente onde está.

Mas levando em consideração toda a competitividade da agricultura atual, custos e complexidade da atividade, essa já não é mais uma opção para quem deseja prosperar.

Então, vamos à primeira opção de buscar uma solução que se adeque às suas condições:

Tecnologia para agricultura que pode funcionar sem internet

Hoje existem alguns softwares para fazenda com vários soluções que podem funcionar sem internet.

O software de gestão agrícola Aegro, por exemplo, te ajuda a ter o controle total da fazenda, financeiro e agrícola, sem a necessidade de internet em tempo integral.

Você pode, por exemplo, planejar as operações agrícolas no escritório da fazenda onde há internet.

Depois, os operadores podem realizar essa operação no aplicativo de celular sem necessidade de internet.

O aplicativo de celular ainda permite registrar os abastecimentos, manutenções, atividades, verificar estoque, e fazer monitoramento de pragas.

Tudo isso é sincronizado com o programa no computador assim que o celular estiver em área com cobertura de rede, sem perda de dados e totalmente seguro.

O aplicativo Aegro é gratuito e você pode baixá-lo em seu smartphone Android ou IOS.

Além disso, você pode saber mais sobre o programa completo aqui.

Agora, vamos à segunda opção:

Encontre outras formas de acesso à internet para sua propriedade rural Internet via rádio: É a forma mais popular de acesso nas regiões afastadas das grandes cidades. Seu custo-benefício é inegável, porém nem sempre alcança boas velocidades; Link dedicado 4G: Possui boa estabilidade e velocidade, mas seu custo é alto; Banda larga ADSL: É uma solução simples e barata, que aproveita a fiação de telefone já instalada, mas normalmente a zona rural não possui esse tipo de infraestrutura.

Além disso, foi lançado o satélite SGDC com a promessa de que isso dará acesso à internet banda larga para a região agrícola brasileira por um preço acessível.

Em algumas regiões essa cobertura já chegou e os produtores estão conseguindo desenvolver melhor o seu negócio como você pode ver aqui.

Um futuro próximo: O amanhã de como administrar uma propriedade rural

O cenário de um futuro próximo já está desenhado: enquanto o aumento da população mundial aumentará a demanda por alimentos, a competitividade do setor será cada vez maior.

É claro que o Brasil está numa posição privilegiada. Porém, o aumento de produção acarreta em um aumento de custos e atividades, o que pode desorganizar o seu negócio.

Nesse sentido, como administrar uma propriedade rural, de forma clara e detalhada, fará toda a diferença.

O objetivo de usar um programa para gestão de sua fazenda é ser capaz de fazer mais com menos, tomando decisões melhores para a lucratividade da fazenda.

Por isso, a propriedade do futuro será aquela que irá utilizar os dados referentes à fazenda, tanto financeiros, quanto agrícolas.

Ao produtor rural caberá o que mais importa: a estratégia.

Isto é, ele irá interpretar os dados, fazer análises e outros, entendendo e obtendo o controle da fazenda de maneira ágil e descomplicada.

Dessa maneira, o futuro pedirá como administrar uma propriedade rural com todos esses dados e com um líder dentro da empresa rural.

Conclusões

Com a competitividade do setor crescendo, fica claro que essas ferramentas digitais disponíveis são cada dia mais essenciais para a produção agrícola.

Assim, é preciso estudar sua propriedade e escolher quais delas se adequa a sua realidade.

No final, alguns irão fazer agricultura de precisão, alguns irão fazer irrigação de precisão, alguns irão usar estações meteorológicas, drones, sensores, etc.

Todos, entretanto, terão que controlar o caixa, os estoque e as operações, e por isso um software de gestão agrícola é a chave para sustentar um negócios agrícola de sucesso a longo prazo.

Como administrar uma propriedade rural é para você? Você faz uso de alguma ferramenta digital hoje? Restou alguma dúvida? Deixe seu comentário abaixo!