Notícia

Revista Brasileira de Risco e Seguro

Comitiva japonesa visita Fapesp e avalia possíveis parcerias

Publicado em 05 agosto 2008

Representantes do governo japonês se reuniram na segunda-feira (4/8) com o presidente da FAPESP, Celso Lafer, na sede da Fundação, em São Paulo. A visita teve como objetivos conhecer as modalidades de apoio à pesquisa científica, tecnológica e inovativa oferecidas pela Fundação, além de verificar possibilidades de futuras parcerias.

Integraram a comitiva o ministro de Relações Exteriores, Kenichiro Sasae, o diretor da Divisão da América do Sul do Ministério de Relações Exteriores, Shiraishi Kurato, e o cônsul-geral do Japão em São Paulo, Masuo Nishibayashi.

A reunião faz parte de uma ampla avaliação da política externa do governo japonês, de modo a definir caminhos estratégicos para o país. "Sasae, que há anos trabalha na área econômica e conhece muito bem o funcionamento do G8, transmitiu a visão do governo japonês frente a grandes temas internacionais", disse Lafer.

Novas fontes de energia foi um dos temas discutidos com mais profundidade durante a reunião. "Como o Japão tem grandes preocupações com o meio ambiente, tivemos a oportunidade de expor destaques de nossa atuação nesse tema, em especial o Programa FAPESP de Pesquisa em Bioenergia (BIOEN). Mostramos como na reflexão brasileira sobre a área energética há uma dimensão importante de pesquisa e desenvolvimento", disse.

Lafer salientou o interesse da FAPESP em estabelecer contatos com instituições de apoio à pesquisa científica e tecnológica japonesas para a discussão de possíveis acordos. Os representantes do governo japonês se comprometeram a avaliar as linhas de atuação da Fundação de modo a identificar áreas de interesse estratégico para parcerias.

"Para a FAPESP é de grande importância uma maior interação com o Japão, um grande centro produtor de conhecimento, inovação e tecnologias aplicadas", disse Lafer.

Fonte: Agência Fapesp