Notícia

O Globo

Com demora, empresas já buscam patente fora do país

Publicado em 03 julho 2018

Por João Sorima Neto e Roberta Scrivano
SÃO PAULO- O fisioterapeuta Humberto Akira Takahashi ingressou em 2003 no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), órgão vinculado ao Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, com um pedido para patentear um equipamento inventado por ele, que auxilia na correção de postura de pessoas. Até hoje, 15 anos depois, não obteve a aprovação. Para fugir dessa lentidão, alguns inventores brasileiros estão indo aos Estados Unidos buscar essa aprovação num tempo muito menor do que no Brasil. Um estudo feito pela [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.