Notícia

Aprendiz

CNPq faz 60 anos

Publicado em 28 abril 2011

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) completou 60 anos de existência no domingo (17/4).

Apesar de ter sido criado em 15 de janeiro de 1951, por meio da Lei nº 1.310, a primeira reunião do conselho deliberativo do órgão foi realizada em 17 de abril.

A cerimônia de comemoração será realizada nesta quarta-feira (27/4), em Brasília. Junto ao evento será lançada a 25ª edição do Prêmio Jovem Cientista, que terá como tema “Cidades Sustentáveis”. No mesmo dia, será lançado o Prêmio de Fotografia, Ciência e Arte.

Durante a cerimônia, o sociólogo Gabriel Cohn, o engenheiro Evando Mirra de Paula e Silva e o médico Zilton de Araújo Andrade receberão o título de Pesquisador Emérito. Já a Fundação Conrado Wessel (FCW) e a Secretaria de Política para as Mulheres (SPM) receberão Menção Especial de Agradecimento do CNPq.

Os títulos são concedidos a pesquisadores que prestaram relevantes contribuições ao desenvolvimento científico e tecnológico do país e a instituições colaboradoras que incentivaram o crescimento, desenvolvimento, aprimoramento e divulgação da agência na missão de fomento a pesquisa e formação de recursos humanos para a pesquisa em todas as áreas do conhecimento.

Segundo o CNPq, para 2011 a instituição pretende apoiar mais de 14 mil pesquisadores com bolsas de produtividade em pesquisa, além dos cerca de 20 mil bolsistas de mestrado e doutorado e outros 7 mil bolsistas apoiados em diferentes modalidades de fomento tecnológico.

Linha do tempo do CNPq: www.cnpq.br/img/swf/banner/linha_do_tempo.pdf

Fonte: Agência Fapesp